PUBLICIDADE

Novo exame de sangue pode diagnosticar câncer precocemente

Projeto desenvolvido por pesquisadores na China conseguiu detectar a presença do tumor quatro anos antes do avanço da doença

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Um projeto realizado por cientistas chineses e americanos da Universidade de Fudan, na China, animou a comunidade médica ao desenvolver um novo exame de sangue que detecta diferentes tipos de câncer de forma não invasiva e até quatro anos antes dos sintomas aparecerem.

O novo teste, chamado de PanSeer, analisa o DNA em busca de moléculas típicas de tumores no plasma humano. De acordo com os resultados publicados na revista científica Nature, o exame identificou cânceres de estômago, esôfago, colorretal, pulmão e fígado em 95% das amostras entregues pelos voluntários em 2007, que só receberam o diagnóstico oficial da doença entre um e quatro anos após o teste.

Ao todo, o estudo contou com a colaboração de mais de 120.000 pessoas durante 10 anos. O exame de sangue reconheceu 95% da amostras que não continham tumor, diagnosticando com precisão outros 88% casos de pacientes já diagnosticados com câncer.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Importância do diagnóstico precoce

O diagnóstico precoce de câncer pode aumentar consideravelmente a estimativa de vida dos pacientes. No mesmo estudo realizado na China, os pesquisadores relataram que 91% das pessoas que detectam o tumor no estágio inicial continuam vivos após cinco anos do diagnóstico. Já quando o câncer é descoberto em fase avançada, as chances de sobrevivência são de 26%.

Entretanto, é importante ressaltar que o exame não é capaz de prever o desenvolvimento de câncer em pessoas saudáveis. Ele, na verdade, identifica os sinais do tumor em pacientes que estão assintomáticos e ainda não alcançaram um estágio avançado da doença, não podendo ser diagnosticados por meios convencionais.

Apesar dos resultados promissores, os cientistas alertam que o projeto ainda está em fase inicial e precisa ser estudado mais profundamente, analisando um número maior de casos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como é feito o diagnóstico de câncer

Atualmente, os exames para diagnosticar o câncer variam dependendo do tipo e da localização do tumor. Os testes mais comuns incluem:

Entenda mais sobre câncer

Exames essenciais para o diagnóstico precoce de câncer

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Entenda as diferenças entre quimioterapia e radioterapia

Quimioterapia: medidas reduzem exposição do paciente a infecções