1 pessoa perguntou:

Para que serve o Lacto Purga?

  • Minha Vida responde
    Respondido em 25/06/2018 às 21:21
    Minha Vida responde
    perguntas que não podem ser respondidas por nossos especialistas
    Olá,

    Para que serve?

    Lacto Purga é um medicamento indicado para o tratamento da prisão de ventre. Também pode ser usado em situações como:

    • Preparo de exames diagnósticos;

    • Antes ou após procedimentos cirúrgicos;

    • Outros casos em que seja preciso facilitar a evacuação.

    Ação esperada

    Este remédio é um laxante de ação local, atuando diretamente na parede do intestino e estimulando o movimento intestinal e promovendo acúmulo de água dentro do intestino, facilitando a eliminação das fezes. O início da ação ocorre após 6-12 horas

    Contraindicações

    O medicamento não é indicado para quem:

    • Tem íleo paralítico (ou seja, o intestino para de funcionar);

    • Está com obstruções intestinais;

    • Possui alguma condição abdominal aguda, como apendicite ou inflamação aguda do intestino;

    • Apresenta sintomas como dor abdominal grave com enjoo e vômitos, que podem indicar problemas graves;

    • Está com intensa desidratação;

    • Tem alergia a bisacodil ou a qualquer dos componentes da fórmula e intolerância a galactose.

    Como usar?

    Se o objetivo é tratar a prisão de ventre, o indicado é ingerir de 1 a 2 comprimidos revestidos se possuir mais de 10 anos de idade (crianças menores do que esta idade devem consumir apenas 1 compromido).

    Além disso, o ideal é ingeri-los a noite e com água.  Os comprimidos revestidos não devem ser ingeridos com produtos que reduzem a acidez no trato gastrintestinal superior, como leite, antiácidos (p. ex. hidróxido de alumínio e de magnésio) ou inibidores da bomba de prótons (p. ex. omeprazol) para que não perca o revestimento entérico prematuramente.

    Veja a orientação de uso para outras finalidades no item 6 desta bula.

    Efeitos colaterais

    Entre as reações adversas comuns encontramos:

    • Cólicas abdominais;

    • Dor abdominal;

    • Diarreia;

    • Náusea (enjoo).

    Veja mais efeitos colaterais menos comuns no item 8 desta bula.

    PUBLICIDADE