1 pessoa perguntou:

O que faço para não ter tanto ciumes do meu parceiro , pois em outro relacionamento que tive eu fui traida , e hoje tenho medo que aconteç?

  • Respondido em 21/05/2015
    Camilla Monti Oliveira Psicologia - CRP 06/98067/SP
    Olá,

    você pode procurar um psicólogo para lidar melhor com tais questões, para entender melhor sobre os tipos de relacionamento que já teve e o que buscou e ainda busca, assim como para compreender o tipo de parceiro(a) com quem você costuma se relacionar. Uma psicoterapia também lhe ajudará a entender melhor você mesma e como esse seu jeito influencia em seus relacionamentos. Também lhe ajudará a entender que o(a) seu (sua) atual parceiro (a) não é a pessoa com quem você já se relacionou anteriormente, o que lhe ajudará a entender e viver essa relação de outra maneira.
    Talvez seja interessante você pensar em suas escolhas amorosas, no que a motivou a buscar tais pessoas e como foram estes relacionamentos, verificar o que eles tiveram em comum e as diferenças. Se o seu ciúme estiver atrapalhando seu relacionamento atual, o mais indicado é procurar uma psicoterapia para lhe ajudar a entender melhor seu ciúme.
    Espero ter ajudado!

    PUBLICIDADE
  • Respondido em 26/06/2015
    Sinara da Silva Guerra Psicologia - CRP 16748/RS
    Olá,

    Bom, de início podemos ser realistas e entender que ciúmes não impedem traições, aliás, ciúmes demais só atrapalham os relacionamentos. No entanto existem coisas que sabemos na teoria, mas na prática é um pouco mais complicado de agir, e portanto realmente não espero que todo o seu ciúme se resolva com o que iniciei na resposta. O ciúmes vêm de inseguranças, desconfianças, pensamentos que permeiam muito mais a cabeça de quem sente o ciúmes do que normalmente de quem é alvo do ciúmes.
    Na verdade ninguém é dono da outra pessoa, e portanto existem coisas que o parceiro pode fazer, a parceira não gostar, mas ter que compreender, afinal cada um precisa ter na sua vida outras pessoas, não para manter um relacionamento intimo, mas para conversar, sorrir e sentir-se bem.
    É importante que você possa ter também sua vida, para que possa deixar seu parceiro ter suas liberdades. Quando tudo está dentro do esperado não é preciso criar fantasias, a não ser que dentro de você realmente não esteja tudo certo. E quando isso acontece, você pode e deve procurar ajuda de um psicólogo, para que possa fortalecer sua segurança em si, para deixar de pesar no outro algo que você viveu no passado e para não deixar que sua insegurança acabe atrapalhando num relacionamento que pode dar certo. Procure ajuda, vai lhe fazer bem.

    PUBLICIDADE
  • Respondido em 08/12/2015
    Dirk Belau Psicologia e Psicanálise - CRP 06/117170/SP
    Olá,

    As minhas colegas já responderam em detalhe. Quero acrescentar algo mais genérico. Ciumes são um sinal de baixa autoestima e medo, mesmo em pessoas que já podem ter encontrado as suas maneiras de camuflar este buraco negro na vida delas e acham que nâo estão sentindo mais o quanto ele suga. Ai, ciumes podem aparecer como o único problema, mas nunca são. Elas podem atraer para si toda a energia negativa e assim parecer como se fosse o único. Mas assim ele fica estranhamente forte, totalmente desproporcionado tendo em vista que o motivo, em termos racionais, não merecia tanta atenção ou até nenhuma no caso da traição fantasiada.

    Concluo que pouco vai adiantar querer resolver os ciumes. Era melhor você trabalhar a sua baixa autestima e os seus medos. Primeiro se dar conta deles e depois lembrar como eles podem ter acontecido na sua vida, principalmente na infância.

    Para isto é indicada uma psicoterapia profunda tipo humanista (chamada "centrada na pessoa) ou a psicanálise. Outros tipos de psicoterapia podem aliviar o seu sofrimento e as suas inseguranças, mas dificilmente com efeito durável. A sua constituiçâo emocional adquirida na infância pode se manifestar sempre se não for mudada num trabalho bem feito e com paciência.

    PUBLICIDADE