Dieta da sopa: entenda os riscos deste regime

Deficiência nutricional e flatulências são algumas das características

POR CAROLINA SERPEJANTE - ATUALIZADO EM 31/10/2016

Viagens para o litoral, casamento, formaturas, festas... Eventos como esse podem pirar a cabeça de algumas pessoas, principalmente aquelas que estão acima do peso ou desejam perder alguns quilos para vestir um vestido ou comprar uma roupa nova. Nesses momentos, a primeira coisa que veem à cabeça são dietas malucas, como passar semanas à base de sopas - um dos maiores erros de quem quer perder peso com saúde.

"Fazer de sua alimentação apenas sopas é monótono, desestimulante e não é nutricionalmente adequado", explica a nutricionista Roseli Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional. Para a nutricionista Cristina Grandjean, do Spa Fazenda Igaratá, "uma dieta à base de sopa é muito radical e só deve ser orientada por um profissional quando houver realmente uma necessidade física". Confira os perigos dessa dieta.

Não dura muito

As nutricionistas afirmam que as pessoas não ficam muito tempo fazendo essa dieta, por ser muito monótona. "Em algum momento, a pessoa sentirá falta de mastigar e consumir outros alimentos", explica a nutricionista Roseli Rossi. Além disso, quando abandona uma dieta como essa, o risco da pessoa sofrer o efeito rebote e querer comer de tudo e em muita quantidade é grande - e isso reflete diretamente na balança.

Segundo Roseli, assim como a dieta líquida, essa dieta pode ser utilizada por um período curto, talvez só para conseguir um estímulo inicial dentro do processo de emagrecimento. "Mas o ideal é introduzir mudanças de hábitos alimentares através de refeições saudáveis, convencionais e diversificadas", aconselha.