Mude os hábitos que mais prejudicam a dieta dos brasileiros

Diminua o consumo de gorduras e açúcar com alguns ajustes no cardápio

POR CAROLINA SERPEJANTE - PUBLICADO EM 09/05/2012

Muitos dos hábitos alimentares dos brasileiros representam uma ameaça à saúde. Segundo o estudo de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) de 2011, promovido pelo Ministério da Saúde, a população brasileira consome gordura saturada e açúcar em excesso: 34,6% não dispensam a carne gordurosa, mais da metade (56,9%) bebe leite integral regularmente e 29,8% dos brasileiros tomam refrigerante no mínimo cinco vezes por semana.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que esses costumes podem provocar um aumento das taxas de colesterol e triglicérides, que são responsáveis por 18% das doenças cerebrovasculares e 56% das doenças isquêmicas do coração, determinando 4,4 milhões de mortes no mundo por ano. Para ficar longe desses problemas, anote as recomendações de nutricionistas sobre como diminuir o consumo de gorduras e açúcar dos alimentos mais típicos do nosso cardápio.

Churrasco mais leve

Quem não gosta do cheirinho de carne na grelha? Muito comum entre os brasileiros, o churrasco pode, sim, ser saudável. "É preciso evitar as carnes com gordura aparente, além de optar por cortes magros, como lagarto e maminha", explica a nutricionista biomolecular Juliana Paz, da BeLight Estar Bem, em Minas Gerais. Já cortes como cupim e fraldinha devem ser evitados, por causa do alto teor de gordura. Também vale a pena investir em carnes brancas, como frango e peixe, que são mais leves e ricas em nutrientes. Lembre-se, porém, de não exagerar nos acompanhamentos - prefira arroz e pães integrais, abuse das saladas e escolha beber sucos.