Inclua no cardápio sete nutrientes para amenizar os sintomas da asma

Magnésio e vitamina D estão na lista de recomendações dos especialistas

POR CAROLINA SERPEJANTE - ATUALIZADO EM 12/06/2015

Um simples vento gelado já pode ser suficiente para a crise de asma atacar. De acordo com dados do Ministério da Saúde, aproximadamente 16 milhões de brasileiros sofrem com essa inflamação crônica, que dificulta a passagem do ar pelas vias respiratórias e provoca tosse, chiado no peito e sensação de falta de ar. Segundo o alergista Marcelo Aun, do Hospital Samaritano, em São Paulo, nenhum alimento pode isoladamente prevenir ou piorar as crises, mas existem nutrientes que ajudam nosso sistema respiratório a funcionar melhor e podem ajudar na prevenção. Inclua as sete opções abaixo no seu cardápio - sugeridas por especialistas - e aumente a sua imunidade!

Magnésio

A nutricionista Hellen explica que o magnésio promove o relaxamento muscular em períodos de crise de asma. "A ingestão por meio da dieta vai facilitar a broncodilatação, melhorando o quadro respiratório e as funções pulmonares", afirma. Oleaginosas, leguminosas, cereais integrais, frutos do mar, vegetais e folhas verde escuras são boas fontes desse nutriente.

O mineral também pode ser usado no tratamento de crises graves de asma - em versão intravenosa ou inalatória - porque ajuda a aliviar o broncoespasmo, mas sempre com supervisão médica. "O magnésio é usado sempre para complementar o tratamento padrão com broncodilatadores e corticoides", explica o alergista Marcelo.  

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não