Inclua no cardápio sete nutrientes para amenizar os sintomas da asma

Magnésio e vitamina D estão na lista de recomendações dos especialistas

POR CAROLINA SERPEJANTE - ATUALIZADO EM 12/06/2015

Um simples vento gelado já pode ser suficiente para a crise de asma atacar. De acordo com dados do Ministério da Saúde, aproximadamente 16 milhões de brasileiros sofrem com essa inflamação crônica, que dificulta a passagem do ar pelas vias respiratórias e provoca tosse, chiado no peito e sensação de falta de ar. Segundo o alergista Marcelo Aun, do Hospital Samaritano, em São Paulo, nenhum alimento pode isoladamente prevenir ou piorar as crises, mas existem nutrientes que ajudam nosso sistema respiratório a funcionar melhor e podem ajudar na prevenção. Inclua as sete opções abaixo no seu cardápio - sugeridas por especialistas - e aumente a sua imunidade!

Vitamina C

Segundo um estudo publicado no periódico Clinical and Translational Allergy e desenvolvido pela Universidade de Tanta, no Egito, e a Universidade de Helsinki, na Finlândia, descobriu que a vitamina C pode melhorar a respiração de crianças com sintomas moderados de asma. Os efeitos benéficos da ingestão diária de vitamina C foram mais significativos em crianças com idades entre sete e oito anos. "A ingestão de vitamina C ameniza a inflamação e estabiliza a liberação de histamina - substância vasodilatadora responsável pelas crises de asma", afirma a nutricionista Hellen.

A especialista também conta que é comum portadores de asma apresentarem uma deficiência na vitamina, mas a ingestão é recomendada somente por meio da dieta. "Não há evidências que incentivem o uso de suplementação de vitamina C nos portadores de asma", afirma o alergista Marcelo. Boas fontes de vitaminas C são acerola, laranja, limão e kiwi. 

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não