Oito mentiras que você conta para se enganar durante a dieta

Desculpas simples atrapalham a emagrecer e passam despercebidas na rotina

POR CAROLINA SERPEJANTE - ATUALIZADO EM 22/09/2016

Você sabia que as mulheres contam, em média, 474 mentiras por ano relacionadas a seus hábitos alimentares? Quem faz essa afirmação é uma pesquisa feita pela empresa britânica Timex, que entrevistou 3000 mil mulheres. O estudo revelou que frases como "é só um pouquinho", "só saio da dieta em ocasiões especiais" ou "bebo vinho tinto porque faz bem à saúde" são algumas das mentirinhas preferidas das mulheres. Se você faz parte desse grupo e anda acreditando que esses escorregões não afetam o emagrecimento, saiba que seu corpo não concorda com isso - e a balança menos ainda. Separamos as mentiras mais comuns e conversamos com duas especialistas que explicam por que elas são o terror da sua dieta:

Toda a salada é saudável e não vai engordar

Apesar de saber que a salada é uma ótima fonte de nutrientes e o melhor jeito de começar uma refeição, você sempre corre o risco de errar na escolha dos ingredientes. "Normalmente optamos por molhos à base de maionese, queijos amarelos, azeitonas, batata palha e croutons são inimigos de uma salada magra", diz a nutricionista Mariana Ribeiro, do Rio de Janeiro. Se a salada for apenas parte do prato, ela deverá ser composta por duas folhas verdes escuras (endívia, rúcula, agrião, alface, escarola) e temperada com limão, azeite extra virgem (uma colher de sobremesa), alho e muitas das ervas, como manjericão, salsinha, orégano e sálvia. Caso a salada seja a refeição completa, acrescente alguma proteína, como peixe, ovos cozidos ou frango desfiado. "Comendo um bom prato de salada como esse, você tem mais saciedade e começa o segundo prato com menos avidez ou então fica satisfeito até a próxima refeição."