Queijo minas, cottage ou ricota: qual deles é perfeito para a dieta?

Compare as quantidades de gorduras, calorias e nutrientes antes de fazer escolhas

POR CAROLINA SERPEJANTE - ATUALIZADO EM 13/01/2017

São tantas opções empilhadas na geladeira do mercado que fica difícil escolher. No entanto, quando o assunto é queijo e dieta, uma coisa é certa: os queijos amarelados têm maiores quantidades de gordura que os mais branquinhos, sendo esses últimos as melhores opções para quem mantêm uma alimentação saudável. Mas até entre os queijos brancos há confusão, e mesmo os mais famosos - queijo minas frescal, ricota e cottage - deixam dúvidas quanto a sua afinidade com a dieta. É importante ressaltar que o queijo minas frescal é diferente do queijo minas padrão, conhecido também por queijo minas curado ou pasteurizado. O frescal é o mais branco e de consistência mole, que produz soro. Já o padrão, apesar de também ser um queijo clarinho, é seco e firme - e não é dele que vamos tratar nessa comparação.

Para quem procura emagrecer, é certo que as calorias são a prioridade. Segundo a nutricionista Ana Beatriz, uma fatia (30 g) de queijo cottage tem 29 calorias, contra 56 da ricota e 79,2 do queijo minas frescal. Mas será que só as calorias bastam para escolher o queijo que mais se adequa às suas necessidades diárias? Veja o que dizem as nutricionistas:

Gorduras totais

Em 30 g de alimento temos:
- Queijo minas frescal: 6,06 g
- Ricota: 4 g
- Cottage: 1 g

Já é sabido que os queijos mais amarelos são mais ricos em gorduras, principalmente as saturadas. "Esta em grande quantidade pode levar ao excesso de peso e ao acúmulo de gorduras sanguíneas, como triglicérides e colesterol", explica a nutricionista Karina Valentim, da PB Consultoria em Nutrição. Recomenda-se o consumo diário de queijos com menor teor de gorduras, e dentre eles o cottage e a ricota aparecem como melhores opções na dieta. Em uma alimentação balanceada, as gorduras devem constituir de 20 a 53% das calorias totais ingeridas.