Veja como equilibrar o uso de shakes com a alimentação

Aprenda a usá-los de forma saudável e aprenda receita caseira

POR REDAÇÃO - ATUALIZADO EM 23/12/2016

Recorrer aos shakes que substituem refeições para emagrecer não é uma novidade no mundo das dietas. Mas será que essa forma de perder peso é realmente eficiente?

De acordo com o nutrólogo Roberto Navarro, membro da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), se os shakes tiverem uma composição nutricional adequada, eles podem ser adotados como estratégia de emagrecimento. "Uma refeição costuma ter 500 calorias, se você ingerir um prato completo. E o shake de uma marca idônea terá os mesmos nutrientes necessários, só que com um número de calorias menor", considera o especialista.

No entanto, não adianta simplesmente substituir refeições. "O mais importante nessa dieta não é a refeição substituída pelo shake, mas o que a pessoa ingere nas outras refeições, que precisam ser balanceadas", alerta o especialista.

Como balancear a dieta com os shakes?

Existem dois problemas em não balancear a alimentação do resto do dia com os shakes. O primeiro é caso não seja feito um balanceamento da alimentação nos outros períodos. "Se o indivíduo comer errado ao longo do dia, o shake sozinho não ajudará a emagrecer", pondera Navarro.

O segundo, muito mais comum, é quando a pessoa consome muito menos calorias do que deveria na outra refeição. "Se você gasta mais energia do que consome e não tem os nutrientes adequados, fica fraco e sem combustível, o que causa baixa na taxa de glicose e enjoos típicos de quadros de sobrecarga metabólica", afirma a nutricionista Eliana Cristina de Almeida, especialista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Isso ocorre porque o organismo precisa de uma quantidade mínima de calorias para conseguir executar suas funções básicas. E quando isso não acontece ele costuma gastar reservas importantes, como os músculos. Portanto, se além dos shakes não se consumir calorias suficientes nas outras refeições, o resultado pode ser o emagrecimento a um custo alto, perdendo músculos em vez de gorduras.

Também é importante lembrar que substituir mais de uma refeição pelo shake pode ser arriscado, pois pode reduzir muito a ingestão de calorias do dia.

Desvantagens de usar shakes para emagrecer

O problema da dieta com shakes é que ela pode se tornar muito monótona, e a pessoa pode acabar abandonando o método rapidamente.

E como usar os shakes por conta própria não estimula uma reeducação alimentar, ao voltar à rotina anterior, o reganho de peso é praticamente garantido. De acordo com a nutricionista Roberta Stella, do Dieta e Saúde, depois de seguir um cardápio altamente restritivo não há tempo suficiente para que ocorram mudanças nos hábitos alimentares e para que o organismo se acostume à nova rotina.

Por isso que é importante pedir ajuda a um especialista em nutrição ou nutrologia antes de começar esse tipo de dieta (ou qualquer outro). "Alguém da área poderá orientar não só como organizar as outras refeições, como também analisar o shake escolhido e ver se ele contém os nutrientes recomendados", considera Roberto Navarro.

Isso porque a Agência Nacional de Vigilância Sanitária regulariza como deve ser a composição nutricional destes shakes. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (ABIAD), as exigências da Anvisa determinam que um shake contenha 25% a 50% de proteínas, não ultrapassando 125g por dia; no mínimo 33% da quantidade de vitaminas determinada na legislação; e forneçam por meio de lipídios, no máximo, 30% do valor energético total diário, sendo que, no mínimo, 3% devem ser lipídios derivados do ácido linoleico (parcela do ômega-6).

Faça em casa!

Segundo a nutricionista da Unifesp, as versões caseiras dos shakes são mais saudáveis do que os industrializado. Confira abaixo uma receita de shake para fazer em casa:

Ingredientes

  • 150 g de coalhada ou iogurte natural light gelado (desnatado), o que equivale a um potinho pequeno
  • 1 fatia média de abacaxi em pedaços
  • 2 colheres de sopa de semente de linhaça
  • 1 colher de sopa de granola.

Modo de preparo

Bata todos os ingredientes no liquidificador e, se preferir, coe a bebida antes de tomar.