PUBLICIDADE

Saiba como manter a dieta mesmo em eventos sociais

Fazer lanchinho antes de sair de casa é boa opção para driblar a compulsão

Para quem está tentando emagrecer, a vida social pode virar um tormento em vez de uma diversão. Os deslizes alimentares são comuns durante encontros com amigos em bares e restaurantes, festas de aniversário e eventos de família. E pior, as escorregadas são sempre seguidas pelo sentimento de culpa. "Já ouvi relatos de quem quebrou a dieta pensando que conseguiria voltar em seguida, mas aí, por estar no fundo do poço, passou a comer mais ainda", conta a psicóloga Ana Paula Maia, especializada em obesidade e transtornos alimentares. Mas algumas orientações podem ajudar a combinar regime e compromissos sociais de forma harmoniosa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A nutricionista Michele Cassiano diz que a pessoa não deve abandonar suas distrações porque está em um processo de perda de peso. Mas também não pode esquecer seu foco e deixar a determinação de lado. "Não pode ter medo de sair de casa achando que vai engordar. O importante é se manter firme no que deseja alcançar e aprender a recusar determinados tipos de alimentos".

Comi demais e agora?

Ana Paula lembra que atualmente bares e restaurantes tem se adaptado para receber clientes que buscam refeições saudáveis. "Muitos aderiram aos legumes cozidos como petiscos e saladas como refeições, além de lanches naturais. Então, cabe a cada um escolher algo que lhe caiba nesse momento de mudança, e saber parar quando está satisfeito".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A quantidade de comida que pode ser ingerida nessas horas também é um problema. Para Michele, é o indivíduo que deve determinar o quanto pode consumir. Mas como lidar com aquela pessoa que sempre insiste para que se coma mais um pouquinho. "Tem que saber dizer não, respondendo com a mesma gentileza com a qual foi abordado", aconselha a nutricionista.

Comportamento em cada ocasião

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Antes de ir a qualquer evento social, uma boa saída é fazer um lanche em casa. Assim, não chega morrendo de fome e querendo pegar tudo o que vê pela frente, recomenda Michele. A especialista também tem outras dicas de como se comportar em diversas situações.

Em festas de aniversário, principalmente de crianças, "não coma mais de que quatro salgados, pois sempre tem aquela torta que às vezes ninguém resiste". Esses salgados devem ser preferencialmente assados, como pão de queijo, esfiha, empada e quiche. Para beber, escolha sucos, água ou refrigerante light. E nem cogite levar um pratinho com guloseimas para casa.

Nos bares, evite bebida alcoólica. Se quiser beber, peça uma taça de vinho ou, no máximo, uma cerveja ou copo de chope. Se puder optar por suco natural sem açúcar ou água, perfeito. "Cuidado com o tipo de petisco, prefira os assados e as carnes grelhadas, e mastigue devagar. Sempre que possível, dê uma saidinha para ir ao banheiro com o intuito de desviar a atenção da comida", aconselha a especialista.

Quando for jantar fora, tente ver o cardápio do lugar na internet e decida antecipadamente o que vai pedir. Assim, não fica à mercê das vontades do momento. Dispense a cestinha de pães com manteiga ou patês servida de entrada. Se sentir que vai chegar no local com muita fome, belisque algo antes de sair de casa ou do trabalho, como um iogurte, uma fruta ou uma barrinha de cereal.

Em almoços de família, evite as frituras e, mais uma vez, prefira os assados. "Sirva-se de bastante salada, que, além do colorido, dá uma impressão de prato cheio, impedindo que você exagere na quantidade de outros alimentos", indica Michele.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A nutricionista ainda ressalta que várias relações pessoais são construídas em cima do ritual de se alimentar junto. "Muitas vezes pessoas criam vínculos com outras através da comida. Isso pode influenciar nos maus hábitos alimentares. É preciso construir todo um estilo de vida saudável, com uma alimentação consciente e balanceada". E relacionamentos também.