Alimentação antienvelhecimento: conheça alimentos que favorecem a longevidade

SÉRIE LONGEVIDADE

POR ADRIANE ZIMERER - ATUALIZADO EM 06/10/2016

Alimentação antienvelhecimento: conheça alimentos que favorecem a longevidade

Especialistas indicam hábitos alimentares que ajudam a manter a boa saúde

4 de 11

Existe receita para ter uma vida longa?De que maneira podemos retardar o envelhecimento? Os especialistas indicam ingredientes que ajudam a manter a jovialidade.

Com o envelhecimento, as principais funções do organismo entram em declínio, o que torna necessário seguir uma dieta com nutrientes que ativem de maneira saudável todas as funções, principalmente, a expressão genética. A dieta antienvelhecimento baseia-se em alimentos não processados, cultivados organicamente, sem adição de substâncias químicas e selecionados entre cereais, grãos, frutas e hortaliças.

Os alimentos funcionais contêm substâncias químicas importantes no processo de nutrição celular. Tem que consumir carboidrato, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais. Em cada produto, existe uma determinada substância que previne o envelhecimento:

Alimentos de coloração vermelha, como o tomate, possuem a substância licopeno. Ela ajuda a remover uma parte do oxigênio que respiramos chamada de radicais livres. Eles estão ligados a processos degenerativos como o câncer e o envelhecimento do organismo.

As frutas ainda têm grande poder antioxidante, pois protegem o organismo da ação danosa dos radicais livres. O licopeno tem importante função antienvelhecimento ao proteger a próstata e o aparelho cardiovascular. A substância é sempre melhor absorvida pelo organismo junto com azeite extravirgem, o óleo que ajuda na diminuição do colesterol ruim e aumenta o bom.

A soja é composta pela substância isoflavona, por vitaminas, fibras e sais minerais. O alimento reduz o risco de câncer mamário, ajuda nos sintomas da menopausa, além de conter coadjuvantes eficazes na prevenção de câncer de próstata e na prevenção da osteoporose.

O iogurte também é outro grande amigo da longevidade. Ele é rico em cálcio. O iogurte também possui bactérias, da família lactobacillus, que são benéficas para o organismo, além de serem capazes de proteger o aparelho intestinal contra infecções.

As verduras, brócolis e couve-flor, possuem nutrientes como o composto sulforafane, que pode destruir substâncias cancerígenas. Já o espinafre e a laranja contêm ferro e ácido fólico, a vitamina B que baixa o nível de irritação dos vasos sanguíneos, ocasionando o ataque cardíaco. Contém ainda dois nutrientes derivados de vegetais que previnem a cegueira.

A castanha e os peixes, como o salmão e a sardinha, possuem a gordura ômega 3. Ela abaixa o nível de colesterol ruim e de triglicérides, tipos de gorduras que podem ser produzidas pelo organismo ou ingeridas através dos alimentos.

As fibras existentes nos cereais, as nozes, as sementes de abóbora e o gergenlim também ajudam a diminuir o colesterol. Os condimentos, que não faltam na culinária brasileira, como o alho e a cebola, podem regredir o crescimento de um tumor, além de fornecer proteção cardíaca.

Os vinhos tintos possuem a substância resveratrol capaz de agir como anti-oxidante e anti-inflamatória, além de prevenir o câncer.

Para envelhecer bem e saudável abuse da variedade de cores, consuma pouca gordura, faça atividades físicas e prefira alimentos frescos. A dieta balanceada realça a beleza natural do corpo e da pele colaborando para a superação da autoestima.