Invista nos truques de beleza que substituem produtos caros

Gelo fecha os poros e uma colher gelada combate as olheiras

POR MANUELA PAGAN - ATUALIZADO EM 01/03/2016

Nutracêuticos, hidratantes, tensores, ácidos, vitaminas: os cosméticos estão cada vez mais turbinados para deixar a pele rejuvenescida e saudável. Mas verdade seja dita os preços das fórmulas mágicas nem sempre cabem no bolso. E nem sempre o produto mais caro representa a melhor opção para determinado problema. "Muitas pessoas compram produtos caros sem orientação, achando que estão fazendo um bem para a pele, mas na verdade estão comprando os itens errados para seu tipo de pele", explica o dermatologista Fernando Freitas, de São Paulo. O resultado pode ser desastroso. Por isso, se você vai cuidar da pele sem uma orientação profissional, opte por truques simples, porém eficazes, ao invés de comprar cremes caros que podem não ser tão indicados assim para o seu caso. A seguir, confira uma lista de truques baratinhos para aliviar aquelas marquinhas e deixar a pele do rosto mais bonita. Confira!

Cremes não substituem uma boa alimentação

Você pode até prevenir alguns sinais de envelhecimento ou danos provocados por fatores externos à pele com cremes, loções e nutracêuticos, mas manter uma alimentação correta é essencial para proporcionar saúde e, consequentemente, viço e beleza à pele. De nada adianta investir em cremes milagrosos, se não consumir nutrientes com ação antioxidante. "Zinco, selênio, vitaminas E e C, betacaroteno e licopeno (precursores da vitamina A) são alguns dos inimigos dos radicais livres", afirma o nutricionista Marco Dias Leme.

Produtos de origem animal e cereais integrais são boas fontes de selênio, segundo a Associação Brasileira de Medicina Biomolecular. O selênio é necessário para a produção de glutationa, que neutraliza os radicais livres que podem levar à deterioração das células de colágeno e elastina, responsáveis pela firmeza e sustentação da pele. De acordo com a instituição, o aumento dos radicais livres no organismo favorece não só o envelhecimento precoce, como a maior incidência de câncer e doenças cardiovasculares. A castanha do Pará é outra fonte rica em selênio e zinco, nutrientes que melhoram a elasticidade da pele, ajudam na batalha contra infecções e auxiliam a renovação celular. A quantidade recomendada é duas castanhas ao dia para obter esses benefícios.

Toda a hidratação e a absorção dos nutrientes necessários ao equilíbrio da pele só são garantidos com a ingestão adequada da quantidade de água: no mínimo dois litros por dia. Ela é essencial para hidratar o corpo, a pele e as fibras solúveis que ingerimos. Estas são responsáveis por estimular o trânsito intestinal e a eliminação de toxinas do organismo, impedindo que o seu acúmulo também seja refletido na saúde e beleza da pele.