Projeto verão: confira 15 tratamentos com resultados rápidos

Veja as opções mais rápidas para tratar flacidez, estrias, celulite e outros problemas

POR NATHALIE AYRES - ATUALIZADO EM 01/11/2016

Com o verão chegando, algumas pessoas entram na corrida para eliminar os problemas que veem em seu corpo e aderem aos tratamentos estéticos para amenizar as estrias, celulites, flacidez, gordura localizada, entre outros problemas.

Mas será que é possível atingir um resultado positivo em curto prazo? De fato quem aderiu a esses métodos há mais tempo têm vantagens: "Pessoas que procuram tratamentos estéticos para estas questões com antecedência gastam menos e têm resposta melhores", ressalta a dermatologista Valéria Campos, membro do Departamento de Laser da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

No entanto, existem tratamentos que apresentam resultados em um curto espaço de tempo e têm média de duração de dois meses. Vale lembrar, porém, que para que eles apresentem a eficácia esperada e os resultados se mantenham à longo prazo é necessário aliar alimentação e hábitos saudáveis a uma rotina de exercícios. Confira a seguir tratamentos para atingir o objetivo mais rapidamente:

Estrias

Para tratar estrias brancas com mais rapidez, a radiofrequência tem sido o tratamento mais indicado. Mas, de modo geral, ela é aliada a algum outro tratamento para ser mais eficaz. A dermatologista Mônica Aribi, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), prefere aliá-lo ao ácido retinoico. "Como a radiofrequência fracionada faz microperfurações na pele, ela ajuda o ácido a penetrar melhor no tecido, estimulando o colágeno na região e deixando a estria mais fina e igualando a coloração da pele", descreve a especialista. Esse método pode ser feito em três sessões com 15 dias de intervalo. O único efeito colateral é deixar a região avermelhada por uns 10 dias.

Já a dermatologista Valéria Campos, membro do Departamento de Laser da SBD, gosta de associar a radiofrequência com o ultrassom estético para melhorar a absorção de ativos como a ácido ascórbico na pele. "O ultrassom gera um impacto, o que 'empurra' o princípio ativo para camadas mais profundas da pele", considera Valéria. "Na primeira sessão você já nota que a estria ganha relevo", completa. Podem ser feitas quatro sessões, com 15 dias de intervalo também.

no caso das estrias vermelhas e recentes, os tratamentos têm resultados sempre melhores! "Podemos usar a luz intensa pulsada, que também pode ser feita em quatro sessões quinzenais", explica Mônica. No caso, os resultados também podem ser vistos nas primeiras sessões, mas é preciso seguir todo o tratamento.