PUBLICIDADE

Faça meditação em casa e perceba os benefícios

Prática ajuda a afastar a ansiedade, o estresse e até as dores

Uma pesquisa recente da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, sugere que meditar ajuda a aliviar a dor, mesmo em pessoas sem treinamento de meditação. De acordo com os pesquisadores do estudo, a meditação é um mecanismo mais poderoso do que simples distração, porque reduz as respostas emocionais do corpo, principalmente aquelas relacionadas à dor.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mas a maioria das pessoas tem dificuldade em encontrar a concentração e o relaxamento necessários. Muitas vezes, você procura um local tranquilo, harmonioso, que crie um ambiente propício para entrar em sintonia com o eu interior e silenciar a mente, mas não encontra. "Para relaxar, precisamos nos distanciar do mundo, se esquecer do nosso cotidiano. O espaço para meditação facilita este distanciamento", diz psicólogo Leonardo Mascaro.

Escolha o melhor local

mulher meditando à beira da piscina - Foto: Getty Images
mulher meditando à beira da piscina - Foto: Getty Images

Esse espaço pode ser montado em um jardim ou um cantinho da sua casa com algumas mudanças simples. Para começar, deve-se escolher um local tranquilo, onde não haja barulho, nem interrupções. O silêncio e a temperatura são fatores importantes para uma boa concentração. Garanta que este local esteja com a temperatura ambiente confortável o suficiente para você não passar muito calor nem frio. Devemos lembrar que não pode haver muita circulação de pessoas no local, para não haver influências de energia. Se o espaço for provisório, é recomendado que se purifique o local.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Decoração

altar zen - Foto: Getty Images
altar zen - Foto: Getty Images

Uma mesa coberta com uma toalha, vaso com flores, tapetes, almofadas, incenso e velas para deixar o local como um lugar de adoração ao divino, de encontro com o místico. A terapeuta Ayurveda Márcia de Luca diz que cada um é único e deve usar como decoração objetos e elementos que remetam a algo positivo. O altar é um dos elementos, geralmente, presente em espaços para prática de yoga e meditação.

As estátuas, fotos e mandalas são colocadas de acordo com a crença de cada um. Segundo a Vedanta, o altar representa o altar do coração. O importante, entretanto, não é se prender aos modelos pré-moldados de espaços zen ou altares. O essencial é montar um cantinho confortável, com elementos que gerem atitudes positivas e que o façam sentir preparado para entrar em contato com você. "O altar é uma ferramenta importante. Uma conexão de amor, de adoração, de conexão com o seu dia", afirma Érica Sanfelice.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Medite e viva mais

homem de meia idade meditando - Foto: Getty Images
homem de meia idade meditando - Foto: Getty Images

Os benefícios psicológicos da meditação são capazes de reduzir o envelhecimento, de acordo com um estudo da Universidade da Califórnia, em Davis, e da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. De acordo com os pesquisadores, a meditação pode inibir o encurtamento dos telômeros, enzimas localizadas no final dos nossos cromossomos e relacionadas com o envelhecimento. Quanto maiores são os telômeros, mais tempo a pessoa vive com saúde.

Fique mais feliz

mulher feliz - Foto: Getty Images
mulher feliz - Foto: Getty Images

Os participantes do estudo da Universidade da Califórnia também apresentaram maior satisfação psicológica como controle sobre a própria vida, atenção e planos. Além disso, eles também tiveram diminuição de emoções negativas. Na vida moderna às vezes qualquer pequeno incômodo pode nos tirar do eixo e aumentar o estresse diário. A meditação ajuda não só a relaxar, mas a criar forças para lidar com as peripécias do dia a dia. Confira outros benefícios da meditação, não importando a técnica que você adote.

Mais tranquilidade

mulher meditando - Foto: Getty Images
mulher meditando - Foto: Getty Images

A frequência dos batimentos cardíacos diminui e a respiração entra em sintonia com o restante do corpo, que reage mantendo-se mais calmo. O estado meditativo é caracterizado por uma atenção profunda, mas observadora. "São benefícios que ajudam a contornar os problemas no trabalho, em casa e, por que não dizer, os de ordem pessoal?", de acordo com a psicóloga transpessoal Ana Maria Cabrera.

Concentração

mulher pensando - Foto: Getty Images
mulher pensando - Foto: Getty Images

Meditando, você aumenta o seu poder de concentração e a capacidade de permanecer atento quando realiza alguma atividade. Consequentemente, suas tarefas no trabalho, por exemplo, vão ficar mais produtivas. Ainda surgem diferenças na compreensão do que dizem as outras pessoas, o que tende a melhorar dificuldades de relacionamento.

Menos ansiedade

mulher roendo as unhas - Foto: Getty Images
mulher roendo as unhas - Foto: Getty Images

A pessoa que medita regularmente lida com o estresse de modo a romper a espiral da reação de enfrentamento ou fuga. Ela relaxa com muito mais frequência do que a que não medita, após a superação de um desafio. Quem pratica não abre mão. E, se você nunca experimentou, está na hora de aquietar a mente com alguns exercícios de meditação. "A frequência dos batimentos cardíacos também diminui e a respiração entra em sintonia com o restante do corpo, que reage mantendo a pessoa mais calma", explica a psicóloga transpessoal Ana Maria Cabrera.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O que é preciso para meditar?

mulher dançando em um jardim - Foto: Getty Images
mulher dançando em um jardim - Foto: Getty Images

Existem muitas técnicas diferentes, incluindo até mesmo músicas e danças, o que pode servir como incentivo para quem não sabe como começar e sente calafrios só de se imaginar quieto e em silêncio por alguns instantes. "Costumo dizer que um curso de meditação pode ser necessário, mas jamais obrigatório", afirma Ana Cabrera.

Ajuda na perda de peso

mulher medindo a circunferência abdominal com uma fita métrica - Foto: Getty Images
mulher medindo a circunferência abdominal com uma fita métrica - Foto: Getty Images

Uma pesquisa feita pela Universidade de Otago, na Nova Zelândia, acompanhou por dois anos o progresso de 225 mulheres obesas ou com sobrepeso. O grupo que meditou durante dez semanas teve mais sucesso na perda de peso e emagreceu uma média de 2,5 quilos. As mulheres que meditavam diminuíam as causas do estresse e, por causa disso, acabavam comendo menos.