Adote sete saídas para a típica depressão de domingo

Planejamento, passeios e até música combatem o mau humor e ansiedade

POR LETÍCIA GONÇALVES - ATUALIZADO EM 25/10/2013

A popular depressão do domingo provoca angústia e ansiedade, mas viver um dia tedioso por pensar que não há nada a fazer no domingo e lamentar que "amanhã é segunda-feira" é se enterrar na própria agonia. "Quando o tédio é mantido por um tempo prolongado, pode levar ao isolamento, desmotivação, apatia e perda das expectativas, além de falta de vontade de realizar as atividades diárias mais simples", alerta o psicólogo clínico Fernando Elias José, de Porto Alegre (RS). Sair do clube dos desmotivados é simples - basta ter força de vontade. Ao mudar a sua rotina, o domingo irá passar longe do ranking de dias mais chatos da semana. Descubra o que especialistas e estudos científicos recomendam para aumentar o seu bem-estar: 

Saia já do sofá e da frente da TV

Quem sempre passa a tarde de domingo largado no sofá, trocando os canais da televisão sem assistir nada, dificilmente irá se livrar do tédio. Segundo a psicóloga Fabiana Albino Diniz, do Centro de Referência em Medicina Preventiva da Unimed Paulistana, o tédio surge do excesso de atividades rotineiras que a pessoa não tem mais vontade de realizar. "Se você exagerar nas tarefas repetitivas, irá carregar uma sensação de vazio e se sentirá frustrado, infeliz, incapaz e insatisfeito", afirma a especialista. Por isso, procure fazer de cada domingo um dia com uma rotina diferente. 

Este conteúdo ajudou você?
Sim Não