PUBLICIDADE

6 lições que uma torcida de futebol pode te ensinar

Quem torce e vibra em conjunto inspira boas sensações

Partidas decisivas de futebol são sempre uma emoção e quem não fica contagiado com o clima da torcida? O jogo começa e pronto: lá vamos nós vibrar sem parar. Churrasco com família, casa dos amigos, barzinho com colegas de trabalho, tanto faz. Desde que tenha um monte de gente na mesma sintonia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Por isso, a torcida é muito bem-vinda e faz parte do espetáculo do futebol. Mas, o que será que podemos aprender com essa união de pessoas, cujo único ponto em comum é a expectativa de vitória? Vamos tentar descobrir o que podemos aprender com esta turma. Confira alguns pontos importantes que podemos encontrar no bom torcedor:

Estímulo para todo o corpo

O princípio básico de uma boa torcida é a união, mas não se trata de um simples agrupamento de pessoas. O psicobiólogo da Unifesp Ricardo Monezi, especialista em medicina comportamental, explica que o ser humano se sustenta em três pilares importantes: biológica, psicológica e social.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"O futebol é um evento social muito importante para o brasileiro", explica o especialista. "Tão importante que passa a mexer com a parte psicológica e a parte biológica da pessoa." Ele dá o exemplo: durante o jogo, o torcedor tem momentos característicos de raiva, alegria, tristeza, euforia, o que acaba influenciando os batimentos cardíacos (que ficam mais acelerados), as áreas do cérebro (que ficam em estado de alerta) e a memória (que se ativa para analisar o passado dos jogos, campeonatos e jogadores).

Sentimento coletivo

Além da explosão física e emocional que temos, quando estamos em torcida é despertado no coração do torcedor outro sentimento muito mais sutil, a compaixão. "Torcer pelo time gera uma compaixão relacionada à vontade de expressar o amor pela por um grupo ao qual você e outras milhares de pessoas pertencem", afirma Ricardo Monezi. Isso acaba gerando maior companheirismo e união entre as pessoas que gostam de futebol, sobretudo quem tem um time em comum. "A solidariedade vem por que elas compartilham de uma história e um objetivo em comum", diz o especialista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Solidariedade em alta

O reconhecimento de um objetivo em comum, ou seja, a felicidade pela conquista de um título importante faz com que as pessoas fiquem mais solidárias, oferecendo e recebendo ajuda, compartilhando informações, opiniões , momentos de alegria e outros sentimentos. "Ajudar o outro faz muito bem para nós e deveríamos nos lembrar disso nas demais situações de nossas vidas", afirma Ricardo Monezi.

A união faz a força seja em reuniões em frente à televisão ou em grandes festas na praça do Anhangabaú, quando o time vence, muito torcedores querem comemorar em grupo, pois veem o time como uma grande família. "Poderíamos aproveitar esse exemplo de torcida de futebol para nos unir mais às pessoas com as quais convivemos", sugere o psicobiólogo Ricardo. "Isso contribuiria para renovar e reforçar nossa vida social, que é fundamental para uma boa qualidade de vida."

Viver com mais alegria

O melhor torcedor é aquele que encara o ato de torcer como uma grande diversão - mesmo que isso signifique perder algumas vezes. É claro que as vitórias são muito importantes, mas as torcidas que mais empurram o seu time são aquelas que não desistem de torcer em épocas de má fase do clube. A alegria é fundamental para encarar os dribles que a vida nos dá de vem em quando. Isso nos deixa fortalecidos e "prontos para outra".

Lidar com as emoções

Por falar em alegria, outro ponto importante é administrar as tristezas e a felicidade para não sofrer demais e nem tirar os pés do chão. "Há o espaço para o sofrimento e há o espaço para o contentamento - o que não podemos deixar acontecer é que a chateação se sobressaia durante muito tempo", lembra Ricardo Monezi. Podemos ficar irritados com a eliminação do nosso time, mas logo precisamos ter força o suficiente para e voltar a fazer o que sabemos de melhor: torcer.

Aproveite as sensações boas

Para que você, torcedor fanático, possa aprender com o seu próprio comportamento em época de jogos importantes de futebol, o especialista dá a dica: "Feche os olhos por um instante e procure ter consciência do que está sentido no momento". "Se for uma sensação de bem-estar, é provável que você vá querer repeti-la, mas se for um sentimento ruim, você deve fazer de tudo para espantá-lo

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)