PUBLICIDADE

Evite as ciladas do namoro que te fazem engordar

Muitas pessoas se acomodam e adotam hábitos de risco à saúde e à balança

Não faltam estudos dizendo que quem começa um namoro ou um casamento passa apuro com a balança. Em geral, muitos casais reclamam que a relação traz alguns quilos a mais. Uma pesquisa realizada por cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, comprovou que mulheres engordam 10 quilos em média, após assumirem compromisso estável. Já a média entre os homens é de 7,5 quilos. Para a nutricionista da Nutryup, Lidiane Martins, quando estamos mais felizes em relações estáveis, nosso apetite pode aumentar. "Queremos partilhar o prazer, aí saímos mais para jantares, cinema - sem perceber o peso aumenta", diz.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Desencalhei, logo desencanei

Se você descuidar do próprio peso, da aparência, sua saúde e sua autoestima ficarão comprometidas, o que só faz mal aos seus relacionamentos.

Um dos fatores está ligado à conquista. Quando encontramos a cara-metade e estamos satisfeitos sentimentalmente, a vontade de conquistar outras pessoas diminui, junto com a preocupação com a aparência. O técnico em TI Pablo Balieiro, de 25 anos, conta que engordou dez quilos durante um namoro de dois anos e meio. "Eu me sentia aceito, seguro. Sabe quando você se acomoda? Tipo: 'pronto, achei alguém, agora vou relaxar'."

Esse pensamento é frequente entre os pombinhos, sendo um dos motivos do ganho de peso. De fato, por um lado é importante não se cobrar tanto em relação à aparência. Mas, para o terapeuta Vicente Godino, "a extrema preocupação com a imagem não nos deixa, muitas vezes, relaxar e curtir o outro de verdade". Entretanto, se você descuidar do próprio peso, da aparência, sua saúde e sua autoestima ficarão comprometidas, o que só faz mal aos seus relacionamentos.

Há também o fator influência: quando seu companheiro tem um estilo de vida diferente do seu, você tem grandes chances de acabar tomando emprestado alguns de seus hábitos, afinal, vocês passam boa parte do tempo juntos. A designer Renata Moraes, 27 anos, engordou cinco quilos quando namorava um rapaz, que já apresentava um quadro de obesidade, e acha que isso teve, sim, influência no seu ganho de peso. "Quando vi que estava engordando por conta dos passeios gordos que fazíamos e das gostosuras que estavam sempre no nosso cardápio, comecei a ficar com receio de seguir o mesmos hábitos pouco saudáveis que ele tinha. Isso acabou abalando meu relacionamento com ele também", avalia ela.

Gostosuras de namorar

Casal - Foto: Getty Images
Casal

Sair para jantar naquele restaurante delicioso, com direito a sobremesa - ou ficar em casa assistindo a um filminho, com direito a muita pipoca e ganhar bombons de presente: tudo tão típico (e tão bom!) em um namoro, mas nada light. "Acabamos comendo mais, porque a alimentação está ligada aos sentidos e ao estreitar de laços, que são dois pontos que queremos estimular quando estamos com o parceiro", diz a nutricionista Lidiane Martins.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O linguista Diego Jiquilin Ramirez mora na Espanha e está namorando há cinco meses. Ele assume que somar a novidade das delícias da gastronomia espanhola a um novo relacionamento não tem feito nada bem para a balança. "É muito gostoso fazer o turismo gastronômico ao lado de alguém. E quando não saio de casa, sempre tem algo romântico (e piegas) na geladeira: chocolates, morango com chantilly...". Além disso, seu namorado, Santiago Canto Ortiz não hesita em cozinhar delícias típicas bem calóricas na tentativa de agradá-lo. "E como não recuso comida, não vejo problema em comer tudo que ele prepara", completa.

A programação gastronômica do namoro costuma levar a culpa pelos números a mais no manequim. Livia Di Bartolomeo conta que os programas com o namorado Thiago Gonçalves sempre acabam girando em torno de comida. "Quando não tem nada para fazer é sempre: 'vamos comer?'. Tudo é desculpa para comer, menos a fome. Depois de ir ao cinema, vem pizza. Vamos a um restaurante bater um papo, e mais comida!". Com 23 anos, Livia engordou seis quilos desde que começou a namorar, há pouco mais de cinco anos e está lutando para perdê-los. Houve um processo radical de mudança no cardápio de Livia, que tinha uma alimentação bem restrita, não comia nada que fosse considerado junkie food, nem refrigerante e doces - o que mudou totalmente desde que conheceu Thiago.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Sai deste corpo que não te pertence!

Casal - Foto: Getty Images
Casal

Mudar os hábitos junto com a pessoa amada não é algo tão simples. Mas se você anda insatisfeito com a balança, saiba que seu companheiro pode te ajudar. Se não for possível conciliar dias da semana de malhação, ao menos substituam alguns programas por algo com mais movimento. Uma caminhada no parque é, além de saudável, algo romântico, assim como um passeio de bicicleta ou um banho de mar. Fazer exercícios físicos junto com alguém pode ser benéfico, uma vez que a interação social ajuda tanto você a se sentir estimulado, quanto a estreitar os laços com o parceiro. Mas nada de desistir na primeiras semanas, como fez a jornalista Monique Tobias: "engordei dez quilos no meu atual namoro, que dura quatro anos. Por um tempo, começamos a fazer caminhada juntos, mas já desisti, pois não gosto de exercícios. Agora tentarei uma dieta, para correr atrás do tempo perdido", conta ela.

Ah, os restaurantes!

Substituir os roteiros gastronômicos também é importante. No cinema, a pipoca é até permitida, mas opte pelo um saco médio e divida com seu companheiro. Quando saírem para jantar, uma boa dica é optar por refeições a la carte e evitar rodízios, já que tendemos a exagerar na quantidade. "Se o prato for grande, peçam um e dividam. Dessa forma, vocês evitam as calorias extras", diz a nutricionista Lidiane Martins. Dispensem o couvert, para economizar calorias desnecessárias. Confira abaixo, outras dicas da especialistas para manter o peso sob controle.

- Em um restaurante japonês, por exemplo, evite os rolinhos primavera, o tempurá e o hot philadelphia que são preparações fritas e calóricas. Prefira outras opções saudáveis na culinária oriental como shitake, shimeji, missoshiro, camarões cozidos, frango grelhado, sashimi, tofu e legumes.

- Quem não dispensa organizar um churrasco para os amigos e a família pode torná-lo mais magro, evitando carnes gordas como cupim, a picanha e a maionese. Opte por peixe, frango e espetinho de legumes e saladas.

- Na pizzaria, também é bom evitar os rodízios; escolha um restaurante com opções mais saudáveis, como pizzas de rúcula com tomate seco, brócolis e atum. Evite sabores gordurosos como quatro queijos, presunto, pepperoni, calabresa e pizzas doces de sobremesa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

- Na escolha de bebidas, drinks alcoólicos, vinho e cerveja podem ficar reservados para datas especiais, pois essas bebidas possuem muitas calorias, bem como refrigerantes. A melhor opção são os sucos naturais sem açúcar.

- É fato que fazer uma reeducação alimentar e dieta junto com o parceiro traz um bom estímulo e, consequentemente, mais resultados. Entretanto, quem decide fazer um regime em conjunto deve tomar alguns cuidados, pois seguir exatamente o mesmo cardápio que não faz sentido e pode trazer riscos à saúde. "O acompanhamento nutricional é fundamental nessas horas e é algo individualizado", diz Lidiane.