PUBLICIDADE

Prática de ioga alivia dores de artrite reumatoide e fibromialgia

Movimentos suaves e técnicas de respiração compõem a atividade

Estudo guiado pela Emirates Arthritis Foundation, nos Emirados Árabes Unidos, e apresentado no Congresso Anual da European League Against Rheumatism mostrou que pacientes com artrite reumatoide tiveram melhoras significativas da dor com a prática da ioga.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Para chegar à conclusão, 47 pacientes foram analisados, sendo que 26 praticaram ioga. A idade média do grupo de pacientes que praticaram ioga foi de 44 anos, enquanto, dos que não praticaram, 46 anos, sendo que 80% eram mulheres.

Antes e depois das sessões, foram documentados os dados demográficos, índices de atividade da doença e qualidade de vida. Depois de 12 sessões de Raj Yoga, que é um dos estilos mais suaves, combinando técnicas de exercícios e respiração, os participantes mostraram melhorias significativas nos índices de atividade da doença. A maioria dos portadores de artrite reumatoide não se exercita regularmente.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Outro estudo também mostrou resultados positivos da prática da ioga entre pacientes com fibromialgia. Depois de oito sessões de ioga clássica, que combina posições suaves de ioga, técnicas de respiração e meditação, a qualidade de vida e ansiedade desses portadores teve melhora significativa. Como a ansiedade é, muitas vezes, um sintoma-chave em pacientes com essa doença, o estudo representa um passo positivo na melhoria da vida das pessoas que sofrem de fibromialgia.

Encontre a paz do corpo e da mente com ioga

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Com a ioga, é possível alinhar corpo e mente, alcançando paz e equilíbrio. "Através dos exercícios de respiração e concentração, o batimento cardíaco diminui dando uma sensação de relaxamento", conta a psicóloga Sofia Karnakis.

Os benefícios da movimentação para a formação de posturas de equilíbrio na ioga são inúmeros: diminuição da ansiedade, aumento da capacidade de concentração, equilíbrio corporal e mental e respiração mais lenta e profunda (o que ajuda a oxigenar o corpo). Além disso, a prática contribui esteticamente, pois o corpo fica mais enrijecido, a elasticidade aumenta e adquire-se consciência corporal.

Agora, se a meta é não medir esforços para ter uma barriga sarada, a professora de Educação Física e instrutora da prática Samara Queiroz confirma: "Fazer ioga fortalece - e muito - a região abdominal". Conhecida por proporcionar um equilíbrio físico e mental, essa técnica oriental é mais do que uma simples meditação. "Ela ajuda a melhorar a respiração, trabalhando diversas posturas e exigindo um esforço concentrado em um músculo especial: o abdômen", explica.