PUBLICIDADE

Saiba prestar os primeiros socorros em caso de contusão muscular

Diminua a dor e os hematomas com gelo ou elevação da área machucada

Uma pancada no futebol, mau jeito na musculação ou um tombo mais forte são causas comuns de contusão muscular, acidente que deixa marcas roxas (hematoma), provoca dor e até, em alguns casos, compromete os movimentos na região afetada. "Esse tipo de lesão agride os músculos e, às vezes, o tendão", afirma o fisioterapeuta Evaldo Bósio, da clínica Prime, de São Paulo. Os cuidados certos na hora em que pancada acontece são fundamentais para encurtar o tempo de recuperação e diminuir a gravidade do problema. Veja quais são os primeiros socorros no caso de uma contusão muscular e aprenda como reagir à situação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Coloque uma bolsa de gelo

Bolsa de gelo - foto: Getty Images
Bolsa de gelo - foto: Getty Images

No momento do trauma é de grande importância o uso do gelo para evitar ao máximo o sangramento intramuscular e o hematoma na pele. "Esse procedimento impede que ocorra um processo inflamatório exagerado, que pode atrapalhar na cicatrização da lesão", afirma o educador físico Adriano Coronatto, personal trainer de São Paulo. Aplique uma bolsa de gelo envolta numa toalha de pano, por aproximadamente 30 minutos, na região afetada.

O especialista explica que cubos de gelo, embrulhados em saco plástico e toalha limpos, também funcionam. "O contato direto do gelo com a pele pode provocar queimaduras, por isso uma toalha é necessária". Evite também o uso de bolsa de água quente sobre esse tipo de lesão. Isso vai aumentar o sangramento, o hematoma, o processo inflamatório e a dor, já que o calor favorece a dilatação dos vasos e o sangramento local.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Eleve o membro afetado

Hematoma - foto: Getty Images
Hematoma - foto: Getty Images

"Se você bateu a perna ou o braço é interessante deixá-los numa altura acima do coração", explica Evaldo Bósio. Esse posicionamento permitirá que o sangue seja drenado dessa região em direção ao coração, melhorando o processo inflamatório e amenizando o sangramento. O acúmulo de sangue pode aumentar o hematoma na pele, gerando dor e queimação no local.

Comprima

Compressão - foto: Getty Images
Compressão - foto: Getty Images

Fazer uma compressão sobre o local da lesão também ajuda a evitar que um grande volume de sangue se desloque para a região afetada, já que o sangue enfrentará uma maior resistência para chegar à lesão, brecando o processo inflamatório. O fisioterapeuta Evaldo Bósio explica que a compressão pode ser feita até com a bolsa de gelo e uma faixa elástica ou toalha. A pressão tem que ser firme, mas não pode apertar demais ou doer. Mantenha a compressão até que seja feito o atendimento médico.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Proteja a região

Proteção da perna - foto: Getty Images
Proteção da perna - foto: Getty Images

Proteger a região lesionada é um dos cuidados mais básicos para quem sofre uma contusão, isso porque esse tipo de machucado pode esconder uma fratura ou outra lesão mais grave. "Quando a lesão acontecer nas pernas, evite pisar no chão e a mantenha sempre em elevação até que o diagnóstico médico seja feito", diz o fisioterapeuta Evaldo. Para os braços, vale imobilizar a região contundida com talas.

Mantenha repouso

Homem em repouso - foto: Getty Images
Homem em repouso - foto: Getty Images

Um tecido mantido em repouso após uma lesão se recupera de forma muito mais eficiente. "Mexer muito numa área lesionada pode agravar a lesão, já que as estruturas envolvidas na contusão podem se machucar ainda mais", afirma Adriano Coronatto. Além disso, evitar movimentos desnecessários é muito importante para que as dores não sejam agravadas. Essa conduta também evita que haja complicações de outras lesões ainda não diagnosticas. O tempo recomendado de descanso varia conforme a gravidade da lesão, mas costuma girar entre 24 e 48 horas.

Remédio só com prescrição médica

Pomada - foto: Getty Images
Pomada - foto: Getty Images

Antes de pulverizar uma área lesionada com spray, saiba que esses produtos apenas resfriam a área e dão uma sensação de frescor, por isso uma bolsa de gelo é mais eficiente. "Nunca faça uso de remédios por conta própria, o ideal é procurar é buscar uma prescrição médica para medicamento ou fisioterapia, quando houver necessidade", afirma Evaldo Bósio.

Procure ajuda médica

Médica - foto: Getty Images
Médica - foto: Getty Images

Após os primeiros socorros, o ideal é procurar um serviço médico para obter um diagnóstico mais preciso da lesão. "Isso pode ser determinado com exames de imagem, como o ultrassom, e ressonância magnética, que permitem a visualização do músculo", afirma o fisioterapeuta Evaldo. O Raio X só mostra se existe algum tipo de fratura nos ossos, além de lesão muscular.