Comer batata pode ajudar a reduzir a pressão arterial

Se preparada corretamente, ela totaliza diversos nutrientes e apenas 110 calorias

POR MINHA VIDA - PUBLICADO EM 02/09/2011

Um estudo apresentado na American Chemical Society revelou que consumir batatas moderadamente pode ajudar a reduzir a pressão arterial sem aumentar o peso. A análise foi liderada por cientistas da University of Scranton, nos Estados Unidos.

A pesquisa contou com 18 participantes com sobrepeso e pressão alta que comeram entre seis e oito batatas pequenas por dia durante um mês. O alimento era preparado no micro-ondas e não tinha adição de qualquer condimento ou acompanhamento.

Os resultados apontaram que a pressão arterial média diastólica, valor menor ao verificar a pressão, sofreu uma diminuição de 4,3%, enquanto que a sistólica, valor maior, caiu em 3,5%.

Descubra seu peso ideal

Sua meta de peso é saudável?

Segundo os cientistas, uma batata preparada de maneira saudável contém cerca de 110 calorias e diversos nutrientes. Ao fritá-la, por outro lado, grande parte das substâncias benéficas se perde, devido à alta temperatura.

Estresse e sono ruim podem elevar pressão arterial Um dia estressante depois de uma noite ruim de sono pode ser uma combinação especialmente maléfica para a pressão arterial, como mostra um outro estudo feito por cientistas da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos. Estudos anteriores já haviam mostrado que a falta de horas de sono pode afetar a pressão sanguínea, deixando pessoas mais propensas a problemas cardiovasculares, como pressão alta, infarto e derrame. Mas nenhum trabalho havia descoberto ainda como a relação entre sono e estresse pode ser prejudicial à saúde do coração.

Os pesquisadores recrutaram 20 adultos jovens saudáveis e mediram sua pressão arterial em repouso e depois de uma tarefa estressante. Uma semana mais tarde, depois de ficarem acordados a noite toda, os participantes voltaram ao laboratório para fazer os testes novamente.

Alimentação saudável pode diminuir hipertensão arterial

A pressão arterial sistólica, o número mais alto em uma leitura da pressão arterial, subiu cerca de 10 pontos a mais quando as pessoas que foram privadas de sono estavam passando por situações estressantes. O aumento de 10 pontos na pressão pode até não parecer muito, mas é um número alto para jovens e adultos saudáveis.

Embora os resultados sejam bastante claros, os cientistas afirmam que mais estudos precisam ser feitos com um maior contingente de pessoas para recolher melhores resultados. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, uma em cada cinco pessoas no mundo sofre de hipertensão, que é tratada, na maioria das vezes, apenas com remédios. Os autores do estudo defendem que, além do tratamento com drogas, alguns cuidados são determinantes, como dormir melhor e evitar situações estressantes.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não