publicidade

Relação dos dentes com dores nas costas

<EM>O dia-a-dia nos torna pessoas extremamente estressadas e&nbsp; ansiosas&#44; transmitindo inconscientemente problemas para a área da boca</EM>

Por Especialista - publicado em 14/08/2007


É muito comum nos consultórios odontológicos ouvir pacientes reclamando de dores nas costas. Parece incomum, mas não é.

De acordo com a Organização de Saúde de Seatle, 85% dos pacientes que sofriam com os dentes e com as costas simultaneamente, eram do sexo feminino e tinham idade média de 34 anos.

A pessoa começa a descontar seu estado emocional nos dentes, fazendo movimentos de intensa compressão entre eles, ou movimentos de rangê-los (quase sempre a pessoa faz esses movimentos inconscientemente, e geralmente relata ao profissional que não os faz), fazendo com que haja uma sobrecarga de forças em cima daquela articulação que fica perto do ouvido, e
que une a cabeça à mandíbula, que tem o nome de articulação temporo-mandibular.

Quando essa compressão é muito grande, começa a haver uma inflamação da região da articulação. Como essas regiões são muito enervadas e correlacionadas em músculos também,
a dor é difundida para a cabeça


(promovendo enxaquecas constantes), pescoço (torcicolos e dores ao movimentar) ombros e também costas, dando às vezes a impressão de algum problema relacionado à coluna.

Se você tem um ou mais sintomas relatados acima, é o momento certo de procurar um dentista, já que tratado a tempo, não traz conseqüências mais sérias. O que precisa ficar bem claro é que se trata de um processo emocional que traz conseqüências sintomáticas (a famosa somatização), problemas na articulação responsável por abrir e fechar a boca, e quase sempre desgastes dentários irregulares.

Também é recomendado o tratamento emocional, pois pode ajudar a lidar e até mesmo a combater o estresse.

O tratamento odontológico realiza entre outras coisas, a instalação de uma placa miorrelaxante (para que o contato entre os dentes seja atenuado no sono ou em picos de estresse), e a recuperação das dimensões perdidas dos dentes que foram desgastados pelo processo.


         

                

Você tem o costume de ranger os dentes? Já buscou tratamento?





Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.
Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Mais sobre:

 Oscar Razuk

Escrito por:

Oscar Razuk

Odontologia

Ajudou 417 pessoas


Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

siga o minha vida e melhore sua qualidade de vida

Saiba mais

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X