publicidade

RPG e fisioterapia fazem bem mais do que corrigir a postura

Além de lesões, tratamentos combatem labirintite e até pneumonia

Por Minha Vida - publicado em 14/05/2009


Se você treinar o olhar, logo percebe: o desvio de postura atrapalha a rotina de dez entre dez pessoas. Mas não ache que isso é motivo para dar de ombros e não ligar para a sua coluna, ao contrário. "Uma sessão de RPG (reestruturação postural global) pode revelar vícios de postura que, se ainda não provocam nenhum problema, podem incomodar bastante mais tarde", afirma a fisioterapeuta Rik Yanada, especialista em RPG do Hospital São Luiz.

Apesar de agir nos casos em que há dor, o RPG é especialmente indicado na correção postural que ainda não chega a atrapalhar a rotina. "Nosso trabalho faz o cérebro repensar os ajustes a que ele está condicionado. Podemos começar com duas sessões por semana até que uma só por mês torna-se suficiente", diz Rik.

Mas, assim como a fisioterapia tradicional, o RPG não trabalha apenas com dores nas costas. "O RPG ajuda o corpo a se livrar da tensão acumulada por problemas emocionais, ajusta o desequilíbrio muscular que incomoda os pacientes com labirintite, melhorando a sensação de vertigem e de tontura e até age no alívio de casos de cefaléia", afirma a fisioterapeuta especializada na técnica. Corrigindo a postura e aliviando a tensão acumulada nos ombros, por exemplo, as dores de cabeça tendem a diminuir.

A fisioterapia tradicional também apresenta uma série de aplicações que vão além dos cuidados após alguma lesão ou o combate dos sintomas de lesões por esforço repetitivo. "Sessões de fisioterapia podem facilitar o trabalho de parto normal, exercitando os músculos do períneo ao longo da gravidez", afirma André Costa, chefe da fisioterapia da unidade Morumbi do Hospital São Luiz. A respiração também é trabalhada nas sessões, ajudando a mãe a sentir menos desconforto na hora do nascimento do bebê.

O estímulo dos músculos do períneo também ajuda pacientes que sofrem coma incontinência urinária. "O problema, que causa vergonha, praticamente desaparece com sessões de fisioterapia", afirma o especialista. No tratamento de problemas pulmonares, esse tipo de acompanhamento faz diferença. André conta que algumas manobras realizadas pelo fisioterapeuta ajudam a limpar a secreção acumulada nos pulmões, acelerando a recuperação. "É uma espécie de massagem, que favorece a eliminação do muco. Nos pacientes mais graves, podemos usar sondas para melhorar os resultados. Mas, muitas vezes, somente as manobras no tórax são suficientes".

Postura alinhada
A fisioterapia tradicional também é aliada da boa postura. Mas, segundo André, ela não é a mais indicada quando o problema não chega a causar incômodo. "O alongamento e fortalecimento dos músculos, conforme trabalhamos, é mais indicado quando há dor ou lesão instalada", afirma. As sessões preventivas, realizadas no ambiente de trabalho, também são uma alternativa em que o método convencional traz respostas positivas, prevenindo dores nas costas e inflamações como a tendinite. A postura desalinhada, segundo ele, tem no RPG um método de correção mais eficiente.

"Quando o paciente está com dor, no entanto, as técnicas tradicionais são muito eficazes. Num caso de inflamação, por exemplo, os aparelhos de eletro-estimulação fazem com que o desconforto desapareça e o paciente realize os movimentos normalmente, acelerando os tratamentos", diz. "Não é que dispensamos os medicamentos, muitas vezes as terapias precisam ser feitas em conjunto. Mas é comum encontrar situações em que os próprios médicos recomendam a reabilitação do corpo somente a partir da fisioterapia, com exercícios e aparelhos capazes de devolver a qualidade de vida ao paciente".



Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.
Este conteúdo ajudou você? Já ajudou você e + 1254 pessoa(s) Já avaliou

Imprima

Erro

erro

Comente

Compartilhe

Mais sobre:

Shopping Vida Saudável

PUBLICIDADE

Copyright 2006/2014 Minha Vida - Todos os direitos reservados

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."


Você está usando uma versão antiga do seu navegador :( Para obter uma melhor experiência, atualize agora!
X