Aderência

Visão Geral

O que é Aderência?

Aderência é uma faixa de tecido que une dois tecidos do seu corpo, como se fosse uma cicatriz. Uma aderência pode se parecer com um filme plástico ou bandagens muito fibrosas.

A aderência acontece por uma resposta de nosso organismo a fatores como cirurgia, infecção, trauma ou radiação. Elas podem ocorrer em qualquer lugar do corpo, mas são mais comuns no estômago, pélvis e coração.

Uma vez formadas, as aderências ficam mais rígidas com o passar do tempo, podendo aumentar de tamanho. Nesses casos, a aderência pode causar alterações no órgão afetado, alterando sua função.

Causas

As aderências podem acontecer como uma reação do corpo para reparar algum dano. Por isso é comum ela ocorrer após uma cirurgia, infecção ou trauma. Em alguns casos, as células do corpo responsáveis por reparar os tecidos não fazem diferença entre um órgão e outro. Se um órgão passa por reparos e entra em contato com outro tecido ou então outra parte de si mesmo, a cicatriz pode ligar as duas superfícies.

Sintomas

Sintomas de Aderência

Normalmente, as aderências não apresentam sintomas. Mas, dependendo do local em que a aderência ocorre, pode afetar nervos e causar alguns sintomas.

  • Adesões acima do fígado podem causar dor ao respirar profundamente
  • Aderências intestinais podem causar dor durante exercícios ou alongamento
  • Aderências envolvendo a vagina ou útero podem causar dor durante a relação sexual
  • Aderências pericárdicas pode causar dor no peito.

É importante observar que nem toda a dor nesses locais é causada por adesões e nem todas as aderências causam dor.

Uma aderência que causa obstrução intestinal é uma emergência cirúrgica. Os primeiros sintomas são dor e vômito após comer. O vômito muitas vezes alivia a dor. O estômago pode inchar, com aumento de gases e fezes amolecidas.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Marque uma consulta médica se sentir dor abdominal, dor pélvica ou febre inexplicável. Se você passou por uma cirurgia ou têm um histórico de doenças que favorecem o aparecimento de aderências, discuta quaisquer alterações na sua recuperação ou condição com o médico ou médica.

Ligue para o 911 e ir para o serviço de emergência mais próximo se ocorrer dor torácica.

Diagnóstico de Aderência

A equipe médica pode diagnosticar uma aderência durante um procedimento cirúrgico, como uma laparoscopia, ou exame endoscópico, como colonoscopia. Se há aderências, e equipe médica pode retirá-la durante o mesmo procedimento.

Exames de sangue, raio-X e tomografias computadorizadas podem dizer se há alguma aderência no corpo do paciente. No entanto, o diagnóstico de aderência geralmente é feito durante um procedimento. Por exemplo: o médico ou médica pode saber que você tem uma obstrução intestinal, mas não saberá a causa até fazer um exame ou cirurgia para desobstrução.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Aderência

O tratamento varia dependendo da localização, extensão e complicações que a aderência está causando. É comum aderências se curarem sozinhas, portanto, só será necessária a retirada se houver uma emergência.

Se você tem histórico familiar de aderências, sempre discuta com o médico ou médica os riscos desse problema ocorrer após um procedimento cirúrgico.

Prevenção

Prevenção

Algumas medidas podem ser tomadas pela equipe médica durante uma cirurgia para evitar a formtação de aderências. Como:

  • Redução do tempo cirúrgico
  • Manter os tecidos úmidos durante a cirurgia
  • Manuseio suave de quaisquer tecidos ou órgãos.

Vários produtos têm sido desenvolvidos para tentar ajudar a prevenir a formação de aderências durante a cirurgia. Converse com o médico ou médica sobre essa possibilidade.

Fontes e referências

  • Ministério da Saúde
  • American Academy of Emergency Medicine
  • Mayo Clinic
  • Manual Merck
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não