Fontanelas protuberantes

Visão Geral

O que é Fontanelas protuberantes?

A fontanela proeminente é a que se sobressai em nosso plano de visão à observação quando a criança está em pé.

Os ossos da calota craniana formam um arcabouço de proteção rígido para as estrutura interna menos resistente, que seria o cérebro.

São vários os ossos da calota craniana, que colocam um ao lado do outro como se fosse um quebra cabeça.

Pouco antes do parto, seja normal ou cesariana, esses ossos encavalam-se uns sobre os outros para que o perímetro da cabeça diminua permitindo a passagem da cabeça durante o trabalho de parto. Ao nascer, esses ossos vão se colocando em posições corretas. Como estão ainda em formação, entre eles deixam estruturas nos pontos de fusão desses ossos, chamados de fontanelas (conhecidas como moleiras), preenchidos por tecido conjuntivo (ou de conexão).

Existem seis fontanelas, sendo que a mais importante é a do alto da cabeça do bebê, conhecido como bregma. Essa fontanela é mais saliente com o bebê deitado e se colocado em pé torna-se plana, sendo pulsátil pois existe uma artéria importante por baixo da mesma.

Causas

Por tratar-se somente de um fenômeno mecânico, as causas para fontanelas proeminentes são múltiplas e vão desde má formações até processos infecciosos. Importante lembrar que o espaço da fontanela permite o bom crescimento da massa cerebral. Existindo calcificação e soldadura precoce destas fontanelas tem se prejuízo do crescimento do cérebro com as devidas repercussões. Este é o motivo pelo qual o pediatra nas consultas de puericultura, mede a cabeça do bebê.

Fatores de risco

Importante lembrar que o Bregma completa sua soldadura ate os 18 meses e que 75% da massa cerebral cresce ate dois anos de vida. Portanto qualquer assunto ou patologia que envolva "fontanelas" tem extrema importância e nunca deve ser relegado a segundo plano. Não é recomendado esperar para buscar ajuda médica.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Faz parte de um consenso da Sociedade Brasileira de Pediatria consultas mensais aos bebês até um ano de vida com as devidas medidas: peso; estatura; perímetro cefálico; perímetro abdominal. Qualquer alteração para mais ou menos desses valores devemos ficar atentos e se necessário encaminhar ao especialista.

Fontes e referências

  • Isis Dulce Pezzuol, pediatra e homeopata (CRM-SP 39.546)
Este conteúdo ajudou você?
Sim Não