PUBLICIDADE

Cabelo com luzes: guia sobre os principais métodos

Entenda o que é e como usar cada um dos tipos de mechas nos cabelos, como ombré hair, californianas e balaiagem

Ombré hair, californianas, balaiagem... Quando o assunto são cabelos com luzes, hoje os salões contam com diversas opções e estilos para fazer sua cabeça! Mas, com tantas alternativas, como saber qual é a melhor escolha? Diversos fatores devem ser considerados antes de se sentar na cadeira de seu cabeleireiro. "Deve-se levar em conta o tom de pele da cliente, a cor base natural dos fios, a rotina de cuidados que se tem com os cabelos e o estilo", enumera a cabeleireira Victoria Caetano Gomes, educadora de L'Oréal Professionnel.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, o gosto conta muito! Por isso, é importante conhecer as várias opções do mercado, antes de escolher um estilo de mechas para chamar de seu. Não sabe por onde começar? Confira nosso guia com os principais estilos!

Ombré hair

Sarah Jessica Parker - Foto: Getty Images
Sarah Jessica Parker - Foto: Getty Images

O que é?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O ombré hair vem do francês e significa sombreado, que é exatamente o efeito que a técnica dá ao cabelo: "essa coloração mantém a raiz na cor original e clareia os fios a partir da orelha, de maneira sutil", explica Manno Escobar, diretor artístico da Intercoiffure Brasil e proprietário do Salão Manno Escobar Cabeleireiros. É tão sutil que muitas vezes é difícil se dizer onde começam as luzes no cabelo.

Cuidados

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A maior vantagem do ombré hair é não precisar de tantos retoques. Escobar aconselha refazer apenas quando elas atingirem a altura de uma californiana, ou seja, mais próxima dos ombros. Para os cuidados do dia a dia, é importante investir na hidratação capilar, nutrição e tonalização, principalmente quando foi feita alguma coloração dos cabelos.

Combina com...

Como o cabelo se mantém com a cor original até a altura das orelhas, e depois começa a ser clareado lentamente, o ombré hair fica melhor em cabelos mais longos. Cabelos cortados em camadas também ficam com um efeito mais bonito.

Californianas

Fernanda Torres - Foto: Divulgação / TV Globo
Fernanda Torres - Foto: Divulgação / TV Globo

O que é?

As luzes californianas há algum tempo vem fazendo a cabeça das mulheres, e são mais ou menos como o ombré hair, a diferença é que a linha em que o cabelo começa a ser clareado não tem uma delimitação. As luzes no cabelo podem ser feitas em qualquer altura do cabelo, de acordo com seu gosto. Além disso, o tom usado pode se destacar do restante do cabelo, com uma mudança menos sutil de cor.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cuidados

Mechas californianas não danificam tanto os cabelos e só pedem cuidados com hidratação e nutrição dos fios, já que é feita uma descoloração dos cabelos. Outro ponto positivo da técnica é que ela não precisa ser constantemente refeita. ?O retoque deve ser feito para garantir a altura desejada das luzes?, explica Manno Escobar.

Combina com...

Como a californiana não tem uma altura demarcada, ela combina também com cabelos de corte médio, mas fica melhor em fios mais longos.

Sombré hair

Bruna Marquezine - Foto: Divulgação / TV Globo
Bruna Marquezine - Foto: Divulgação / TV Globo

O que é?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Não só o nome da técnica de cabelos com luzes é semelhante ao ombré hair, a forma como ela é feita também. No sombré hair também há um clareamento do cabelo a partir de certo ponto, mas ele é muito mais sutil. "A graduação de tons é mais suave, no máximo dois a três tons mais claros do que o resto do cabelo, proporcionando luminosidade", explica Victoria Caetano Gomes, educadora de L'Oréal Professionnel.

Cuidados

Para manter a saúde dos fios, é importante ter cuidados específicos como a hidratação e revitalização dos cabelos. Quanto ao retoque, se foi alterada a cor da raiz, pode ser necessário retocá-la a cada 30 dias. Mas tudo depende de como foi feita a técnica.

Combina com...

Por ter uma menos variação de coloração, essa técnica é muito mais democrática. "Ela pode ser usada em todos os tipos de cabelos e cortes: retos, degradês, desfiados, assimétricos, lisos, ondulados. E em qualquer comprimento também", ressalta o cabeleireiro Antonio Flávio de Rezende, docente da área de beleza do Senac Taboão da Serra.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Balaiagem

Glória Pires - Foto: Divulgação / TV Globo
Glória Pires - Foto: Divulgação / TV Globo

O que é?

A balaiagem é uma técnica em que as mechas são bem finas e espalhadas pelo cabelo, e dá um ar muito mais natural à cor. As mechas são feitas em dois ou três tons, e normalmente o descolorante é aplicado nos fios sem uso de papel alumínio. "Seu objetivo além de iluminar é quebrar a uniformidade da cor do cabelo", explica o cabeleireiro Rezende. Em geral, as luzes são feitas no comprimento e nas pontas, mas também podem ter mechas próximas à raiz.

Cuidados

A balaiagem é um tipo de cabelos com luzes não precisa ser sempre retocado. "Essa técnica não marca ou define mechas e só terá necessidade de retocar quando sentir desbotamento da cor ou distanciamento da raiz. Geralmente quanto mais tempo a cor mais bonito fica o cabelo", define Rezende.

Combina com...

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Por não ser uniforme, ela fica bem interessante em cabelos cortados em camadas, mas, a rigor, pode ser feita em qualquer corte e comprimento de cabelo.

Luzes

Grazi Massafera - Foto: Divulgação / TV Globo
Grazi Massafera - Foto: Divulgação / TV Globo

O que é?

São as mechas comuns e clássicas, que podem ser feitas com papel alumínio ou com o uso de touca (uma touca de borracha com vários furos, em que são retirados os fios que serão descoloridos). Normalmente os cabelos com luzes são descoloridos no mesmo tom e elas podem ficar um pouco mais marcadas, dependendo da tonalidade atingida.

Cuidados

Por descolorir os cabelos, e muitas vezes colori-los novamente, as luzes são um processo que exigem hidratação periódica dos fios, e uso de tonalizantes quando a cor é alterada. O processo de retoque depende muito do contraste entre os fios e a raiz. Em geral, quando a cor é próxima, o processo pode demorar mais tempo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Combina com...

Por ser um processo clássico, cortes mais tradicionais combinam muito bem com as luzes. "Até mesmo os cortes mais arrojados ganham maior sofisticação com luzes clássicas", considera o cabeleireiro Manno Escobar.

Mechas marcadas

Flávia Alessandra - Foto: Divulgação / TV Globo
Flávia Alessandra - Foto: Divulgação / TV Globo

O que é?

Também chamadas de reflexo, essas mechas são como as luzes tradicionais, mas normalmente são mais largas e delimitadas nos cabelos. Normalmente são feitas com papel alumínio.

Cuidados

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os cuidados são muito semelhantes às luzes, com hidratação constante, para evitar o ressecamento próprio da descoloração. Os retoques, nos casos das mechas mais marcadas, podem ocorrer com mais frequência, pois haverá um maior contraste com a raiz, ensina o cabeleireiro Escobar.

Combina com...

As mechas mais marcadas combinam com todo tipo de cabelo, principalmente cortes mais retos e sem camadas.

Texanas

Jessica Biel - Foto: Getty Images
Jessica Biel - Foto: Getty Images

O que é?

São mechas no mesmo estilo de californiana e do ombré, mas começam há cinco dedos da raiz, dando um efeito de que os fios foram desbotados pelo sol. "São feitas pouquíssimas e finas mechas na parte superior da cabeça e de formato difuso. Seguem as pontas todas clareadas com nuances mais leves ou mais claras", ensina o cabeleireiro Rezende. Em geral, as pontas mais caras vem de dentro do cabelos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cuidados

Além dos cuidados básicos com coloração e tonalização, é importante o uso de reparador de pontas, já que normalmente essas mechas chegam aos tons loiríssimos.

Combina com...

Para quem tem cabelos curtos ou de comprimento médio, essas mechas ficam melhores com cortes assimétricos. Já quem tem cabelos mais longos podem usar com cortes em camadas.

Efeito tartaruga ou tortoiseshell hair

Gisele Bündchen - Foto: Getty Images
Gisele Bündchen - Foto: Getty Images

O que é?

Tortoiseshell significa "casco de tartaruga" e a técnica se espelha exatamente neles. A ideia é usar de dois a três tons, usando cores como dourado, caramelo e mel, tudo na base castanha. "E é considerada uma forma atualizada da balaiagem e do ombré hair", explica Manno Escobar.

Cuidados

É sempre importante tonalizar as mechas quando os tons começarem a desbotar, o que pode ocorrer em um ou dois meses. Já os cuidados envolvem hidratação dos fios periódica.

Combina com...

Por envolver essa mistura de cores, o tortoiseshell combina bastante com cabelos longos e médios cortados em camadas.

Dip-dye

Olivia Wilde - Foto: Getty Images
Olivia Wilde - Foto: Getty Images

O que é?

Dip-dye é uma técnica em que os cabelos parecem que foram mergulhados na tinta, ou seja, a partir de certa altura, muda-se completamente a cor dos fios. Isso é feito primcipalmente deixando os cabelos coloridos com tons como azul, rosa e verde, mas também pode ser apenas o clareamento ou escurecimento dos fios.

Cuidados

Quando envolve o uso de cores que não existem nos cabelos, é preciso ter cuidados especiais, devido ao tipo de produto usado para obter essa tonalidade. ?Hidratação semanal, revitalização com escova e um bom home care são indicados?, explica Rezende. Graças ao tom, é preciso revitalizar ou tonalizar a cada 30 dias, pois senão as cores começam a desbotar.

Combina com...

Esse tipo de tintura combina melhor com cabelos médios e longos e cortes em camadas ou assimétricos. Caso o cabelo esteja cortado reto, o ideal é que tenha ondulações.