PUBLICIDADE

Quando começar a usar cremes anti-idade? Tire suas dúvidas

Cerca de 85% dos casos de rugas são agravados devido à exposição ao sol

Envelhecer faz parte do ciclo da vida, mas não há nada de mal em querer cuidar da pele e retardar o aparecimento de rugas e linhas de expressão, sinais do envelhecimento precoce. Mas será que já está na hora de incluir cremes anti-idade na rotina de cuidados com a pele?

Não há uma idade pré-definida para começar a tentar prevenir o envelhecimento da pele (Foto: Getty Images)
Não há uma idade pré-definida para começar a tentar prevenir o envelhecimento da pele (Foto: Getty Images)

Não há uma idade certa para começar a usar esse tipo de produto, mas quanto antes começarem esses cuidados, melhor, como afirma Marina Pipa, dermatologista da clínica Vanité e na Santa Casa de São Paulo. E você provavelmente já usa uma espécie de creme anti-idade: o protetor solar.

Cerca de 85% dos casos de rugas são agravados devido à exposição ao sol, por isso a proteção é fundamental, e desde a infância. "A radiação ultravioleta causa danos ao nosso DNA, leva à produção de espécies reativas de oxigênio e degradam o colágeno presente na pele. Com a exposição solar repetida ao longo do tempo, esse colágeno degradado vai se acumulado, provocando o fotoenvelhecimento", fala Marina.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A dermatologista ainda explica que o envelhecimento é composto por fatores intrínsecos e extrínsecos. "O intrínseco é determinado pela nossa idade, ou seja, o envelhecimento celular que ocorre ao longo dos anos. E devemos ficar felizes por irmos acumulando muitos anos de vida. Já os fatores extrínsecos são aqueles relacionados aos nossos hábitos de vida, e vão se somar ao envelhecimento intrínseco, levando ao envelhecimento precoce", detalha.

O uso de cremes anti-idade e de produtos como protetor solar contribui para afastar os fatores extrínsecos do envelhecimento. "Outros fatores que contribuem para o envelhecimento precoce são a poluição e o tabagismo. Como nem sempre conseguimos fugir como gostaríamos da poluição atmosférica, é importante higienizarmos a pele ao chegarmos em casa", completa Marina.

Como usar os produtos que cuidam da pele?

Rotina de skincare ajuda a prevenir o envelhecimento precoce da pele (Foto: Getty Images)
Rotina de skincare ajuda a prevenir o envelhecimento precoce da pele (Foto: Getty Images)

Como ressalta a dermatologista Karla Lessa, o primeiro passo é olhar para a sua rotina de cuidados. "Você esta? usando hidratante, protetor solar, antioxidante, sabonete facial? Mas, com que frequência? Você sabe o que usar na sua pele? Em primeiro lugar, você deve usar os produtos corretos e de forma contínua, segundo a prescrição do seu dermatologista", diz a especialista.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Na prática, a dica de Karla é dividir a rotina em duas etapas: manhã e noite. "Quando acordar, fac?a o ba?sico: lave, tonifique e hidrate. E na?o se esquec?a de usar o protetor solar. Quando chegar em casa, e? hora de tratar: retire a maquiagem, limpe o rosto e use os produtos indicados pelo seu me?dico."

Qual o melhor creme anti-idade?

Creme anti-idade pode conter ácidos e vitaminas (Foto: Getty Images)
Creme anti-idade pode conter ácidos e vitaminas (Foto: Getty Images)

"Existem diversos produtos presentes nos cosméticos que podem auxiliar no cuidado da pele. A escolha do mais adequado depende do tipo de pele, da tolerância do paciente e de seus hábitos. Sendo assim, é importante consultar um dermatologista para uma prescrição adequada", orienta Marina.

Vale apostar em cremes com alguns componentes na fórmula. "Em geral, podemos destacar os ácidos retinóicos, os alfahidroxiácidos, como o ácido glicólico, e o ácido ascórbico (vitamina C). Além disso, cosméticos contendo niacinamida e vitamina E também são opções interessantes presentes nos cosméticos por suas propriedades hidratantes. A niacinamida também auxilia no tratamento de manchas", lista a dermatologista da Santa Casa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Para ajudar, confira uma seleção de produtos disponíveis na Amazon e veja qual se encaixa em sua rotina:

Cuidados que vão além dos produtos e cremes anti-idade

Ter uma pele saudável vai além dos produtos certos. Ter bons hábitos é fundamental! (Foto: Getty Images)
Ter uma pele saudável vai além dos produtos certos. Ter bons hábitos é fundamental! (Foto: Getty Images)

Outros fatores refletem na nossa pele, além do uso de produtos e da rotina de skincare. "Vale lembrar também que para ter uma pele com viço e mais uniforme, devemos ter uma alimentação saudável, uma boa noite de sono e hábitos saudáveis também", comenta Karla Lessa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Exageros no cardápio do dia a dia podem prejudicar a pele. "Por exemplo: alimentos ricos em açúcares, causam glicação - que é um grande fator de envelhecimento cutâneo e aceleram a sua degradação", explica a também dermatologista.

A falta de colágeno, substância que ajuda a dar sustentação para a pele, também pode ser um problema. "Há pessoas que podem ter menos colágeno por ingerirem poucas fontes de proteína, pela exposição excessiva à radiação solar ou por efeitos da poluição e do estresse", alerta Karla.

Algumas atitudes podem ajudar. "Uma boa noite de sono, hidratac?a?o correta e alimentac?a?o sauda?vel, com frutas e verduras, e uma suplementac?a?o indicada pelo seu me?dico rica em antioxidantes, vitaminas e minerais ajuda bastante a estimular essa protei?na!", completa a médica.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Entretanto, é importante ressaltar que a suplementação é algo que deve ser feito com o acompanhamento de um médico para que seja estipulada a dose adequada. "A suplementação de vitamina D é um bom exemplo, pois a escolha da dose depende de dosagem prévia. Outros suplementos que podem ser benéficos são aqueles com propriedades antioxidantes, como a Coenzima Q10 e a vitamina E, e o ômega 3", complementa Marina.

Dá para reverter os efeitos do envelhecimento precoce?

Quando de fala em envelhecimento precoce, a dica é apostar na prevenção (Foto: Getty Images)
Quando de fala em envelhecimento precoce, a dica é apostar na prevenção (Foto: Getty Images)

Entretanto, mesmo com todos os cuidados e os melhores cremes anti-idade, uma vez que a pele já está envelhecida, não há como voltar no tempo. Por isso a prevenção é o melhor caminho.

"Não é possível reverter [o envelhecimento precoce], porém podemos utilizar de medidas para amenizar os sinais do envelhecimento. Além da prescrição de protetores solares, ácidos, hidratantes e adoção de bons hábitos de vida, podemos realizar procedimentos no consultório que podem amenizar rugas e estimular a produção de colágeno", afirma Marina.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mais uma vez, cada caso é um caso e é preciso orientação profissional. "Tudo vai depender da queixa de cada paciente e sua avaliação dermatológica. Temos disponíveis hoje diversos tratamentos como laser, ultrassom microfocado, toxina botulínica, ácido hialurônico injetável, bioestimuladores de colágeno, como ácido poli-L-lático e hidroxiapatita de cálcio", completa a especialista.