Menopausa x envelhecimento da pele: entenda a relação e como se prevenir

A menopausa pode, sim, acelerar o processo de envelhecimento cutâneo, mas existem alguns ativos que ajudam a amenizar os sinais

*Conteúdo Patrocinado

A vida da mulher é marcada por grandes mudanças hormonais, e uma delas é a menopausa. Nesse período, a menstruação é interrompida naturalmente, e os ovários deixam de produzir estrogênio e progesterona, os hormônios femininos. Essa mudança afeta o organismo como um todo, e a pele não fica de fora.

Além dos hormônios, a produção e reposição de ácido hialurônico e colágeno diminuem. Há também perda de elasticidade e redução da função de barreira, que ajuda a manter a hidratação celular. Com isso, os sinais de flacidez ficam mais evidentes e a pele tende a ficar mais frágil, fina e ressecada.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O déficit de colágeno e ácido hialurônico fazem parte do envelhecimento natural da pele - que, para as mulheres, geralmente vem acompanhado da menopausa; que acontece, em média, entre os 48 e 51 anos. Porém, por causa das alterações hormonais, a menopausa pode acelerar esse processo.

Além disso, com o avanço da idade, os sinais da falta de cuidado ao longo dos anos ficam mais evidentes, e fatores como poluição, má alimentação, tabagismo e exposição solar podem antecipar o envelhecimento da pele do rosto.

Com a junção de todas essas condições, a pele madura e menopausada pode apresentar sinais como: rugas profundas, áreas hiperpigmentadas e flacidez.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como amenizar os efeitos do envelhecimento

E para prevenir que o envelhecimento interfira no bom funcionamento e na aparência da pele, é preciso adotar alguns cuidados especiais. Entre eles:

Na hora de escolher o produto, priorize aqueles com ativos que atendem às necessidades específicas da pele madura. É o caso da linha anti-idade Hyaluron-Filler + Elasticity, de Eucerin.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Um dos produtos da linha, o Hyaluron-Filler + Elasticity 3D Sérum, por exemplo, tem em sua fórmula ácido hialurônico, Arctiin e Thiamidol, que atuam diretamente nos três sinais principais de envelhecimento: rugas, flacidez e hiperpigmentação.

E o benefício do produto pode ser notado em pouco tempo, já que o ácido hialurônico de Eucerin possui uma tecnologia diferenciada, pois conta com a combinação de ácido hialurônico de alto e baixo peso molecular que, por essas características, age na superfície da pele e cria uma camada hidratante e protetora, ao passo que também consegue atingir a epiderme, suplementando e induzindo a produção de ácido hialurônico. Assim, ele é capaz de melhorar a hidratação e diminuir as rugas, até mesmo as mais profundas.

Enquanto isso, o Arctiin presente na formulação se encarrega de melhorar a elasticidade, estimulando a formação de colágeno e também de ácido hialurônico. Para finalizar, o Thiamidol age no controle da hiperpigmentação característica de uma pele que está envelhecendo, agindo diretamente e reduzindo as áreas com manchas, como as melanoses solares, por exemplo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O composto é capaz de inibir a tirosinase humana, enzima que processa a tirosina e a transforma em melanina. Com isso, há o controle da hiperpigmentação, e o melhor: o resultado pode ser percebido já na segunda semana de uso.