PUBLICIDADE

Sexo anal: como deve ser a preparação para ter mais prazer

Pessoas com experiência no assunto revelam as melhores dicas para você ter sucesso nessa prática

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

O sexo anal é um tema pouco explorado, cercado por muitos mitos e incertezas. Quem pratica afirma: pode ser muito prazeroso. Por isso, buscamos pelas redes sociais as melhores dicas para você que quer tentar coisas novas na cama. Lembrando que é sempre importante estar atento à saúde íntima antes de se aventurar. Veja aqui mais dicas para fazer sexo anal sem descuidar da saúde.

1. Não use anestésicos

Existem muitas pomadas e produtos capazes de anestesiar a região anal, mas o uso desses produtos pode acabar arruinando o momento. Isso porque, com o anestésico, a sensibilidade da região some e pode acontecer de o local ficar machucado com a penetração, dependendo da intensidade da transa. Porém, você só sentirá o resultado quando o efeito do produto passar (ou seja, tarde demais).

Além disso, existem casos também em que o parceiro fica com o pênis anestesiado, por causa do contato com a região em que a pomada foi aplicada. Isso pode fazer com que ele, além de perder a sensibilidade, não consiga chegar ao orgasmo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

2. Posição de controle

Busque posições em que você consiga ficar no controle, ditando o ritmo, a intensidade da penetração e os movimentos. Ficar por cima do parceiro é uma forma de conseguir isso, pois você coloca os limites, assim como a posição de lado, deixando os braços livres para controlar o parceiro e estimular a excitação de outras formas. Nesse último caso, a penetração mais "rasa" facilita o processo.

3. RE-LA-XE

Esta é uma das principais dicas, pois a tensão do corpo dificultará muito a penetração e a sensação de prazer. É nesse momento que surge grande parte das dores sentidas no sexo anal. Portanto, conte com a ajuda do parceiro para relaxar, pedindo para ele caprichar nas preliminares.

4. Treine com um vibrador

Para chegar mais confiante, vale até fazer alguns testes antes usando um vibrador e um gel lubrificante. Sem preocupação e com o corpo mais relaxado, você conseguirá ter mais noção de como vai ser a transa depois de praticar um pouco, o que elimina pelo menos metade das tensões.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

5. Lubrifique muito

As pomadas anestésicas não são nem um pouco recomendadas, mas já os lubrificantes são necessários para a maioria dos casos. Não economize na quantidade, ok? Ele que fará o pênis deslizar com mais facilidade, já que o ânus não tem nenhuma lubrificação.

6. Alimentação levinha

Se possível, mantenha uma alimentação leve, equilibrada, mas sem grandes modificações em relação ao que costuma comer. Outro cuidado é não fazer nenhuma refeição por algumas horas antes do sexo. Assim, você evita qualquer desarranjo no trato intestinal, uma das grandes preocupações nesse momento.

7. Converse

Em um momento como esse, a comunicação e a confiança no parceiro é fundamental. Explicar o que está sentindo e orientá-lo vai fazer toda a diferença. Um precisa ouvir e compreender o outro, afinal, o prazer deve ser buscado pelos dois.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

8. Faça o "número 2" antes

Se for possível, é interessante evacuar algumas horas antes da transa, evitando uma situação desconfortável. Porém, vale lembrar que acidentes acontecem e os dois devem estar cientes e tranquilos em relação a isso. Duchas íntimas no ânus não só não devem ser feitas, como podem prejudicar a saúde, propagando infecções pelo corpo, ok?

Veja aqui mais dicas para fazer sexo anal sem descuidar da saúde.