PUBLICIDADE

Sexting: sexo por mensagem é opção para distância e timidez

A troca de mensagens mais quentes pode ajudar a trazer novos desejos para o sexo, mas também exige cuidados

Sexting: esse é nome pelo qual ficou conhecida a troca de mensagens apimentadas no meio digital, que pode incluir desde uma interação por meio de áudios e mensagens escritas até a troca de fotos íntimas. Nem todo mundo curte, mas quem gosta definitivamente pode se divertir bastante enquanto pratica.

O termo, que se popularizou especialmente na última década, vem da junção das palavras em inglês "sex" (sexo) e "texting" (troca de mensagens). Daí, não é de se estranhar que a prática foi ganhando mais adeptos e simpatizantes conforte as tecnologias mobile foram avançando - e os famosos nudes, enfim, surgiram.

"A maioria de nós acha que faz sexo 'com o corpo', mas a verdade é que ele acontece, em boa parte, na nossa mente. Então, o sexting é uma boa prova disso", afirma a sexóloga Livia Leite.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Duas pessoas adultas que consensualmente desfrutam dessa prática conseguem ficar excitadas uma com a outra interagindo apenas com a troca de palavras, áudios ou imagens, sem nenhum contato físico. Por isso, o sexting é muito propício para quando se está longe do(a) parceiro(a).

Como funciona o sexting

A sexóloga Livia Leite explica que o sexting permite ao casal desfrutar de fantasias e dos desejos mais secretos com a outra pessoa, incentivando essa abertura entre os indivíduos. Por exemplo, como o sexting acaba aproximando o casal, sendo uma preliminar interessante, ele estimula o ato de se abrir para o outro, com conversas quentes e picantes.

No sexo, apenas 10% do que acontece é uma resposta do corpo - os outros 90% ocorrem na mente do indivíduo. "O prazer sexual não depende só do estímulo de terminações nervosas", aponta Livia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Então, o que traz o prazer para o chamado "sexo à distância" é a sensação de experimentar algo diferente, uma coisa nova. E isso é um bom estímulo da fantasia para a criatividade sexual.

A linguagem usada durante o sexting, muito mais provocativa e direta, na verdade está ligada a desejos e impulsos que são mais difíceis de explorar, mas que podem ser inseridos de um jeito mais suave na relação através dessa prática.

Além disso, o sexting "também estimula as fantasias sexuais e eróticas, aumentando o desejo sexual", de acordo com Livia. Isso porque, quando conseguimos mostrar ao outro que aceitamos e estimulamos esse "lado" dele, a pessoa se abre e se mostra mais, incluindo seus desejos na relação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Dicas (e regras) para aproveitar o sexting

1 - Converse bem com o(a) parceiro(a) antes

Descubra se a pessoa com quem você quer trocar mensagens eróticas tem interesse e se sente completamente confortável com esse tipo de interação. "Tente introduzir a conversa perguntando o que a pessoa acha do assunto", recomenda a sexóloga.

2 - Não se limite a fotos e vídeos

É comum que o sexo à distância costume ser associado ao envio de nudes e vídeos sensuais, mas o sexting não precisa se limitar apenas a isso. "Eu, como terapeuta sexual, recomendo principalmente a troca de mensagens por texto e voz, porque isso estimula a fantasia e criatividade", afirma Livia.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

3 - Tome cuidados e precauções

Antes de tudo, é preciso confiar na pessoa com quem você está trocando mensagens, ainda mais se houver troca de fotos íntimas. São comuns os casos de vazamento de nudes e de "revenge porn", termo utilizado para expressar a disseminação não autorizada e criminosa de vídeos íntimos na internet, como uma forma de "vingança" contra alguém.

Para que esse tipo de situação não ocorra, é indicado que se tome precauções, como evitar mostrar o rosto em fotos e vídeos eróticos ou mesmo usar aplicativos intermediadores que forneçam segurança a seus usuários.

Veja dicas de como trocar nudes com segurança

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como mandar nudes com segurança I Minha Vida

4 - Comece devagar e prepare o terreno

Partir de cara para uma troca de mensagens ou nudes pode não ser a melhor forma de transmitir segurança e despertar a libido da pessoa do outro lado. Por exemplo, é possível iniciar a conversa aos poucos, com mensagens levemente picantes e elevar a temperatura conforme o diálogo se desenrola.

5 - Liberte suas fantasias

Nem sempre as pessoas se sentem confortáveis para revelar seus desejos ocultos. Por isso, o sexting pode ser um ótima ferramenta para libertar e revelar suas fantasias para o parceiro.

De acordo a sexólogo Livia, no cara a cara, é mais difícil a pessoa se expor dessa forma, por conta de tabus e daquele sentimento de "o que essa pessoa vai achar de mim". O sexting, então, permite ultrapassar essas limitações provocadas pela vergonha.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Justamente por conta disso, no sexting, o sentimento fornecido é satisfatório, em especial quando se encontra alguém com quem se possa revelar o seu "verdadeiro eu" sexual, gerando uma conexão mais forte.

Mais dicas de sexo

Jogos de sexo: 7 brincadeiras para inovar na cama

4 motivos para você incluir a posição 69 no sexo

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

BDSM: o que está por trás do prazer na dor e dominação