PUBLICIDADE

5 estimulantes sexuais para despertar os sentidos

Quando colocados em prática, alguns elementos naturais agem em nossos sentidos ajudando a aumentar a libido na hora H

Libido e disfunção erétil são problemas que podem surgir de disfunções físicas e psicológicas, portanto, devem ser tratadas com a ajuda de especialistas. Em casos menos graves, porém, é possível lidar com a diminuição dos impulsos utilizando estimulantes sexuais simples e naturais.

"A relação sexual é um reflexo de nossas emoções e estímulos sensoriais: o ato sexual é uma atividade que utiliza os cinco sentidos", diz a ginecologista Ana Paula Mondragon. É possível, portanto, que problemas como libido baixa e disfunção erétil se tornem mais evidentes quando deixamos de lado a exploração das sensações. "Nossos estímulos sensoriais são os maiores afrodisíacos", garante.

Os sentidos e a sexualidade

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Uma vez que o sexo é uma experiência sensorial, todos os cinco componentes listados acima são importantes para entrar no clima - e, usados corretamente, são estimulantes sexuais eficazes.

Segundo a sexóloga Virginia Gaia, estimulantes sexuais são usados desde que o homem começou a ritualizar suas práticas e a entender o sexo (e a sexualidade) como uma parte importante da vida para além da questão reprodutiva.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Pensando nisso, listamos a seguir alguns estimulantes sexuais fáceis de serem postos em prática e que são bastante eficazes do processo de despertar os sentidos.

Visão: reduza a iluminação

Foto:  jhorrocks
Foto: jhorrocks

Para a sexóloga Juliana Gil, o ato de reduzir a iluminação "gera um estímulo ao parceiro ou parceira no sentido da expectativa de que 'vai acontecer algo' - e essa sensação pode gerar muita excitação".

Ou seja, diminuir a iluminação para utilizar do fator surpresa funciona como um gatilho, fazendo com que a outra pessoa associe essa diminuição da luminosidade com uma situação sensual e "entre no clima".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Olfato: aposte no cheiro do corpo

Foto:  Patrik Giardino
Foto: Patrik Giardino

Considerado nojento para alguns, o suor pode funcionar como um estimulante eficaz. Um estudo da Universidade da Califórnia concluiu que a androstenodiona, um feromônio do sexo masculino presente no suor e em perfumes e colônias como um aditivo, pode aumentar a libido e melhorar o humor de mulheres que inalam o odor.

As pesquisas foram feitas em mulheres heterossexuais, mas os resultados indicam que seres humanos possuem um cheiro natural capaz de afetar o sexo oposto. Portanto, foque em descobrir os cheiros do corpo de seu parceiro ou parceira.

Audição: as músicas são estimulantes

Foto:  MoMo Productions
Foto: MoMo Productions

As músicas certas criam um clima sensual e podem funcionar como estimulantes sexuais. Um estudo realizado pela Universidade McGill, no Canadá, concluiu que o prazer no ato de ouvir música e no de praticar sexo estimulam a mesma área cerebral, ou seja, as duas atividades estão associadas. Escolha uma playlist excitante para entrar no clima!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tato: massagens excitam o corpo

Foto: John Dowland
Foto: John Dowland

"A massagem feita pelo parceiro, seja com a mão ou com a boca, desperta várias zonas erógenas que antes estavam adormecidas, como as do joelho, umbigo, planta do pé, a região entre as nádegas entre outras", explica Juliana Gil.

Ótima preliminar, ela pode ser feita com óleos especiais (que também estimulam o olfato) e permite maior conhecimento dos corpos envolvidos no ato. Dedique alguns minutos a massagear áreas como costas, orelhas, cabeça, pés e pernas.

Saiba mais: Massagem tântrica: o que é, como é feita, depoimentos e vídeo

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Paladar: é importante usar a boca

Muitas pessoas pensam que os alimentos e bebidas que funcionam como estimulantes sexuais são necessariamente afrodisíacos, mas, para Virgínia, muitos são ferramentas para descontrair e conseguir "entrar no clima", como é o caso das bebidas alcoólicas, por exemplo.

Saiba mais: O álcool pode melhorar ou atrapalhar o desempenho sexual?

Outros alimentos que podem atuar como estimulantes sexuais são os chocolates e as oleaginosas, associados ao prazer e à libido.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Chocolate

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Virgínia lembra que o chocolate é utilizado como afrodisíaco há muito tempo. "Estudos dizem que os povos americanos usavam uma massa de cacau, muito parecida com o nosso chocolate de hoje, como estimulante".

Muito da sua fama vem da tradição romântica - como um presente clássico. Desta forma, ele é um alimento que também é um "gatilho sexual" por sua associação com o momentos românticos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Hoje sabe-se que os chocolates de fato funcionam como estimulantes sexuais ao liberar diversos neurotransmissores relacionados ao prazer, além de elevar a produção de serotonina, dopamina e endorfina. Além disso, podem proporcionar um efeito relaxante e redutor da ansiedade, o que ajuda muito a descontrair na hora de sexo.

Oleaginosas

Foto:  R.Tsubin
Foto: R.Tsubin

Um estudo da Universidade de Rovira, na Espanha, indica que o consumo rotineiro de oleaginosas pode ajudar a melhorar as funções eréteis e o desejo sexual de homens saudáveis.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

São elas: castanha de caju, amêndoa, amendoim, nozes e afins. Essas oleaginosas podem ajudar a equilibrar os níveis de testosterona, hormônio que ativa o desejo sexual de homens e mulheres.