PUBLICIDADE

Alcoolismo: entenda os sinais de alerta para a doença

A dependência do álcool é uma doença crônica e multifatorial, mas que tem tratament

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

O alcoolismo é uma doença crônica, assim como a diabetes e a hipertensão, multifatorial, o que significa que diversos fatores contribuem para seu desenvolvimento, e tem tratamento. Portanto, deixo claro logo de início que não se trata de uma falha de caráter, muito menos de uma falta de força de vontade para cessar o consumo de bebidas. Esse estigma, aliás, dificulta o reconhecimento de padrões de consumo nocivos e problemas associados.

Identificar quando o consumo de álcool passou a prejudicar a saúde e a dependência se desenvolveu não é fácil. Essa progressão é sutil e decorre não somente da quantidade consumida, mas também da frequência, das circunstâncias desse consumo e das consequências à saúde.

Alguns sintomas são indicativos de que algo não vai bem e que o uso de álcool se tornou um problema. Reconhecê-los é uma medida importante para procurar o apoio adequado e iniciar um acompanhamento médico.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Sinais de alerta para o alcoolismo:

Quando e onde buscar ajuda para o alcoolismo?

Ao reconhecer que o consumo de álcool está interferindo negativamente na saúde física, na rotina ou nas relações pessoais, é hora de buscar ajuda com profissionais de saúde. O ideal é que se procure médicos clínicos gerais ou psiquiatras, profissionais que farão uma avaliação diagnóstica detalhada e a identificação do tratamento mais adequado.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Se houver dificuldade em encontrar ou agendar uma consulta com um desses profissionais, não deixe de procurar ajuda. Há opções de apoio e tratamentos gratuitos no Brasil, como: os Centros de Atenção Psicossocial - Álcool e Drogas (CAPS-AD), que são unidades de saúde especializadas em atender usuários e dependentes de álcool e drogas, ou ainda os hospitais públicos e conveniados ao Sistema Único de Saúde (SUS). Outro recurso disponível são os grupos de mútua ajuda, como Alcoólicos Anônimos (A.A.), que atualmente oferecem reuniões virtuais diariamente.

O estigma e a desinformação que cercam a dependência prejudicam não somente a prevenção desse quadro, como também a busca por tratamento. Mudar essa realidade passa por falarmos mais sobre o assunto e ter informações de qualidade. Para saber mais, veja a série de vídeos do CISA - Centro de Informações sobre Saúde e Álcool que responde às dúvidas mais frequentes sobre alcoolismo.