PUBLICIDADE

Nomes diferentes: qual o impacto na vida social da criança

Ser chamado de um jeito diferente pode ser bem visto, mas também pode ser motivo de chacota e problemas que começam na infância

Dar nomes aos filhos é um momento importante para a família. Normalmente, são os pais que pensam, sonham e idealizam o nome do(a) filho(a). Há aqueles que gostam de aproveitar o momento para homenagear algum parente ou até mesmo repetir e dar o seu próprio nome à criança. Mas há também pessoas que acabam aproveitando o momento e abusando da criatividade, inovação ou até mesmo sendo excêntrico na escolha do nome. A ideia pode parecer divertida para alguns por ser algo novo, mas quem carrega o nome fora do padrão para vida toda nem sempre tem essa mesma sensação positiva que os pais pensam e sentem ao ?cunhar? seu filho com um nome exótico.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Nomes diferentes são inovadores, com toda certeza. Mas podem ser também difíceis de pronunciar, escrever ou memorizar. O novo pode ser bem visto, mas também poder ser motivo de chacota e problemas que começam na infância. Alguns desencontros podem permanecer para vida toda, principalmente, se não há identificação pessoal com o as emoções sentidas com relação as memórias associadas ao próprio nome.

Quem, por exemplo, foi humilhado, isolado ou criticado de forma pesada na infância por ter um nome fora do comum, dificilmente, terá uma boa sensação vinculada ao seu nome. Nada é impossível, mas é bem raro. Por isso, mesmo depois de adulto, o sofrimento vem pela associação que num momento passado foi feito entre o nome e tristeza nas relações sociais.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Importante lembrar que as dores do nome não estão vinculadas somente aos nomes diferentes, exóticos ou fora do padrão, mas principalmente, quando o nome não é aceito pela própria pessoa ou pelo grupo que convive. Na primeira infância, o maior grupo de importância, depois da família, costuma ser a escola e os colegas de estudo.

Força interior

Mas é claro que nem tudo é um problema! Há pessoa que desde cedo desenvolvem resiliência com capacidade incrível de não se importar, nem se abalar profundamente, com isso, são capazes de se impor e superar no próprio momento as dores vividas. Pessoas assim, certamente, estão acima do seu próprio nome.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O sucesso para saber lidar com o próprio nome é a capacidade de fortalecimento pessoal. Investir no crescimento emocional faz diferença para quem quer se superar. Resiliência, auto estima, pensamento positivo, ser capaz de ter empatia e criar empatia são alguns pontos úteis no processo de amadurecimento mental

Quando for preciso pode ser indicado o início de um tratamento emocional para gestão das emoções. Técnicas de mindfulness, novo código da programação neurolinguística (atualização da pnl), hipnose ericksoniana, EMDR e técnicas de terapia breve podem ser úteis no processo de fortalecimento emocional. Saber lidar de forma positiva com quem se é pode ser a chave para o sucesso pessoal e profissional.

Invista em você! Sucesso e até breve!