PUBLICIDADE

Grávida pode tomar paracetamol?

Dores de cabeça no início da gravidez podem ser comuns. Saiba se o paracetamol é indicado para grávidas

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

O paracetamol é um analgésico e antitérmico indicado para diminuição da febre e alívio de dores leves a moderadas. Durante a gestação, a grávida pode se queixar de dores de cabeça, principalmente no primeiro trimestre de gestação.

Geralmente esse sintoma durante a gravidez é bem comum, porque é no início da gravidez que o nível de estrogênio diminui, provocando as dores de cabeça. As crises de cefaleia só preocupam quando são muito recorrentes e associadas a outros sintomas.

Quando a gestante sente dor de cabeça, o primeiro pensamento é tomar um analgésico, como por exemplo, o paracetamol, a fim de diminuir esse sintoma que tanto incomoda. Mas será que o paracetamol é indicado para grávidas? Confira abaixo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Grávida pode tomar paracetamol?

Segundo a Food and Drug Administration (FDA), o paracetamol tem classificação B, ou seja, não tem nenhuma evidência de risco em humanos. Portanto, é um dos analgésicos mais utilizados durante a gestação e lactação.

"O paracetamol continua sendo o analgésico de escolha durante a gestação, devendo-se utilizar a menor dose e por menor tempo possível", explica a ginecologista e obstetra Maria Augusta Tamm, especialista em reprodução humana do Grupo Huntington.

No entanto, a automedicação não é indicada, principalmente em casos de gravidez. Dessa forma, o ideal é sempre consultar um médico previamente em casos de dores ou febre durante a gestação.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cuidados na gravidez