PUBLICIDADE

Vesícula vitelina: o que é, qual a função e possíveis anormalidades

É possível ver a vesícula vitelina por meio de ultrassons a partir de cinco semanas de gestação

A vesícula vitelina, também conhecida como saco vitelino, é uma pequena estrutura que se forma na parte externa do embrião durante o início da gravidez. Ela tem diversas funções importantes durante o período embrionário, principalmente para a formação do futuro bebê.

Função da vesícula vitelina

A principal função da vesícula vitelina no início da gestação é possibilitar a nutrição e a troca de gases entre gestante e o embrião. Para dar esse suporte nutricional a ele, a estrutura é estimulada pelo hormônio HCG, e cresce antes do bebê aparecer.

Segundo o ginecologista e obstetra Mário Macoto Kondo, ela também é responsável pela produção de células sanguíneas, células tronco, macrófagos, células germinativas e regulação metabólica.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

No entanto, a vesícula vitelina é temporária, ou seja, não dura até o final da gestação. "Ela permanece somente até que a placenta consiga atingir tamanho e maturação para assumir seu papel na gravidez, com 12 semanas de gestação não é mais possível visualizá-la", explica a ginecologista e obstetra Bruna Cavalcante.

Como se forma a vesícula vitelina

A vesícula vitelina é formada logo após a nidação, quando o embrião está fixado na parede do endométrio, dentro do útero.

"Ela se forma na segunda semana do desenvolvimento, porém, é visibilizada na ultrassonografia com 5 semanas de gestação, a partir deste momento apresenta um crescimento linear até 10 semanas", esclarece o obstetra Mário Macoto Kondo, chefe do Departamento de Obstetrícia do Hospital e Maternidade Santa Joana.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De acordo com a ginecologista e obstetra Bruna Cavalcante, a vesícula vitelina tem aspecto parecido com um balão de gás. "É possível vê-la em ultrassons a partir de cinco semanas, em conjunto com o saco gestacional", afirma a especialista em reprodução humana do Grupo Huntington.

Vesícula vitelina - Foto: Reprodução
Vesícula vitelina - Foto: Reprodução

Tamanho normal da vesícula vitelina

Conforme o obstetra Mário Macoto Kondo, o tamanho da vesícula vitelina é considerado normal entre 3 e 6 mm de diâmetro na avaliação pela ultrassonografia transvaginal. "É importante ter a idade gestacional bem definida para as avaliações ultrassonográficas durante o pré-natal", pondera o especialista, chefe do Departamento de Obstetrícia do Hospital e Maternidade Santa Joana.

Com o avanço das semanas, o bebê ficará maior do que o tamanho da vesícula, sendo possível notar essa diferença no exame.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Vesícula vitelina e problemas na gestação

Contudo, podem ocorrer algumas anormalidades no primeiro ultrassom da gravidez, por exemplo, quando a vesícula vitelina está de um tamanho maior do que o normal.

A obstetra Bruna Cavalcante explica que essa anomalia é conhecida como vesícula vitelina hidrópica, podendo ser um indicativo de desenvolvimento anormal do embrião. No entanto, esta é apenas uma possibilidade e o médico deve investigar.

Além disso, a vesícula vitelina maior do que o esperado está relacionada à maior frequência de abortamentos espontâneos. "Também estão associados à gestação não evolutiva: vesícula de aspecto irregular, vesícula calcificada e vesícula de tamanho menor que o previsto", finaliza o médico Mário Kondo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tipos de gravidez não evolutiva