Como cuidar da pele do bebê no inverno e no tempo seco?

O pediatra e neonatologista Nelson Douglas Ejzenbaum, membro da Academia Americana de Pediatria, esclarece como cuidar da pele sensível do bebê

A pele do bebê é sensível e precisa de cuidados diários e, com isso, maior atenção durante o inverno ou tempo seco, pois o clima e a umidade baixa do ar interferem na hidratação da pele. O ar seco ou frio faz com que a pele perca sua barreira de proteção, expondo a epiderme que, por sua vez, sofre com o ressecamento. No caso dos bebês mais novos, o impacto é ainda maior.

Por isso, os pais ou cuidadores devem ficar atentos quando o tempo está mais frio - ou com baixa umidade do ar - para prevenir desconfortos no bebê.

Os sinais de pele seca em bebês são:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Cuidar da pele do bebê é também cuidar da saúde, já que o ressecamento pode aumentar o risco de lesões e alergias. Para evitar transtornos, é preciso caprichar na hidratação. Outro ponto importante é evitar água muito quente durante o banho - mesmo no inverno - já que a temperatura elevada tende a ressecar ainda mais a pele sensível do bebê.

Alguns produtos podem ser usados para contornar o problema, como os hidratantes especialmente formulados para a pele do bebê, pois eles foram pensados para minimizar o risco de alergias e outras questões. Idealmente, os hidratantes devem ser usados a partir dos seis meses de vida.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Há também alternativas ao hidratante, já que é possível hidratar a pele do bebê com óleos específicos para essa fase da vida, como óleo de amêndoas sem cheiro ou óleo de semente de uva, lembrando que as formulações devem ter sido feitas especialmente para o uso em bebês. Além disso, não é preciso aplicar os produtos várias vezes ao dia: se feita de forma cuidadosa, hidratar uma vez ao dia já traz bons resultados.

Outra alternativa que pode ajudar a minimizar o impacto do frio e do tempo seco na pele do bebê é umidificar o ar da casa. Embora o efeito seja pequeno, o ar em umidade ideal colabora para diminuir o efeito ruim na pele. Outro ponto positivo é que o ar umidificado ajuda a tornar a respiração do bebê mais confortável em tempos secos.