1 mês de gravidez: sintomas, alterações e o que acontece

Você ainda nem sente; mas um turbilhão de mudanças já ocorre entre a 1ª e a 4ª semana

Nada provoca tantas mudanças no corpo em tão pouco tempo quanto uma gravidez. Os seios ficam maiores, a barriga mais que triplica de tamanho, a pele fica brilhante, o inchaço acontece no corpo inteiro... Se a cada semana a aparência muda, imagine só o que acontece lá dentro. São tantas transformações que o organismo só volta ao normal dois anos depois do bebê nascer.

Tudo começa antes mesmo da concepção ou seja, do encontro do seu óvulo com o espermatozóide dele. Pouca gente sabe, mas a contagem da primeira semana de gravidez inicia quando seu corpo libera o óvulo para ser fecundado.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Depois que o encontro acontece, o zigoto, como é chamado o óvulo fecundado, começa a se desenvolver. Não é na hora: demora três semanas para ele começar a se multiplicar. O que era uma única célula se divide em duas, quatro, oito e assim por diante.

Elas formam um minúsculo pontinho redondo, que pelos meses a frente vai se desenvolver até se tornar um bebê completo. No início da quarta semana, esse pontinho, o embrião, se gruda às paredes do útero, num processo chamado implantação.

Quando isso acontece, você está oficialmente grávida. O primeiro mês de gravidez vai de 1 a 4 semanas.

A menstruação atrasa e os exames de urina e de sangue dão positivo. Outros sintomas de gravidez aparecem. Veja os 20 primeiros sintomas de gravidez:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Algumas mudanças podem ser sentidas desde então. Nada demais: nos primeiros três meses, são poucas alterações. Os seios podem aumentar levemente de volume e talvez você sinta um pouco de inchaço, conta a obstetra Adriana El Haje.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O que fazer com 1 mês de gravidez:

2 meses >

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)