9 meses de gravidez: sintomas, contrações e preparação para o parto

Ele pode nascer a qualquer momento; prepare-se para os alarmes

Aos 9 meses de gravidez, seu bebê está se aprontando para nascer. E você também tem que estar preparada! Tire as últimas semanas para relaxar e refletir sobre como será a vida após o parto. Descanse enquanto não começa a maratona de cuidar do bebê. Os 9 meses de gravidez vão das 36 às 40 semanas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Está se sentindo desajeitada? É que, além do peso do barrigão, à medida que o bebê desce para a pelve, se preparando para o parto, o centro de gravidade do corpo também muda, o que pode fazer você perder o equilíbrio.

O útero, que a essa altura está cerca de 20 centímetros acima do umbigo, já não pressiona tanto o diafragma efica mais fácil respirar. Em compensação, sua bexiga está sob a maior pressão, e você precisa ir ao banheiro a todo instante.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Talvez você note um corrimento vaginal mucoso nessa fase. Se não houver nenhum outro sintoma, como coceira, mau-cheiro ou ardor, trata-se de uma secreção normal. Mas, se estiver na dúvida, não hesite em falar com o seu médico.

Como o bebê está grande e ocupando praticamente todo o espaço, a posição em que ele está agora provavelmente não vai mudar.Se o ultra-som mostrar que ele está sentado, pode ser necessário fazer uma cesariana.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A partir da 38ª semana, o bebê pode vir a qualquer momento. Deixe a mala da maternidade pronta desde o início do mês. Nesse período, é comum ter falsas contrações de parto. Elas são irregulares, vêm subitamente e doem bastante mas passam. Você vai senti-las principalmente na parte de baixo das costas, no ventre e na bacia. É alarme falso.

As verdadeiras contrações que anunciam o parto começam no fundo do útero e se espalham para baixo, atingindo também a região lombar e a pelve. É uma dor parecida com a cólica, que fica ritmada, mais forte e duradoura conforme o trabalho de parto progride. Ao contrário das falsas contrações, essas não são aliviadas com uma mudança de posição.

O médico deve ter estimado a data do parto, mas ela não é exata. Por isso, a última semana parece também a mais longa. Fique tranquila: cada bebê nasce a seu tempo, e o médico vai ajudar em qualquer atraso ou antecipação. O importante nesse momento é descansar e contar com o apoio das pessoas que você ama.

Veja aqui as opções quando a gestação passa as 41 semanas.

O que fazer aos 9 meses de gravidez?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)