PUBLICIDADE

Cardioversor-desfibrilador implantável causa limitações ao paciente?

Entenda se o CDI impede a pessoa de fazer sexo ou usar alguns eletrodomésticos

O paciente que vai colocar o CDI (cardioversor-desfibrilador implantável) é aquele que está em risco de ter um problema chamado arritmia cardíaca. Algumas arritmias são rápidas a ponto de fazer com que o coração não consiga mais bombear o sangue necessário para o corpo funcionar direto, em alguns casos levando à parada cardíaca. Parada cardíaca é quando o coração está batendo ou muito rápido ou muito lento, de forma que o sangue não consiga circular. Por isso foi criado um dispositivo CDI, um aparelho semelhante ao marcapasso, que não evita as arritmias, mas reconhece uma quando ela aparece, avalia sua gravidade e quando indicado interrompe a arritmia por meio de choque ou estimulação rápida - como um desfibrilador. Os CDIs também funcionam como marcapasso quando necessário.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

É muito importante entender para que serve o desfibrilador implantável e como se comportar usando ele. A função dele é oferecer uma proteção extra ao paciente em risco de arritmias cardíacas, permitindo que ele tenha uma vida mais longa e saudável. O CDI não deve ser encarado como um estorvo ou limitação, pelo contrário, deve permitir que o portador faça viagens, namore, coma e pratique atividade física (sim, alguns exercícios são autorizados e até incentivados para melhora de qualidade de vida e no ânimo!)

Regras da boa relação com o CDI:

É muito importante entender para que serve o desfibrilador implantável e como se comportar usando ele

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O que muitos querem saber, mas tem vergonha de perguntar: e o sexo?

Pode fazer, sem problema nenhum. Na verdade, deve! A aceleração do coração durante o sexo pode em raros casos causar uma terapia inapropriada, mas o CDI é programado para reconhecer isso e não disparar um choque desnecessário. O seu parceiro pode ter uma leve sensação na hora do choque. Não há nenhum risco para a/o parceira/o. Se isso acontecer (mas saibam que isso é muito raro!) parem o que estiverem fazendo e ajam como foi falado antes, descansando um pouco e procure o médico quando amanhecer. Mas não há motivo para ter medo de começar ou dar andamento a uma relação sexual por conta do CDI.