PUBLICIDADE

Cárie em estágio avançado pode levar à necessidade de tratamento de canal

Inflamação da polpa do dente pode ser evitada, eliminando necessidade do procedimento

Para muitas pessoas, o simples fato de ouvir "tratamento de canal" já provoca dor. Vamos esclarecer que a dor pode ocorrer muito mais pela necessidade do tratamento endodôntico (tratamento de canal), do que pelo pelo tratamento em si.

A polpa do dente ("nervo", células, vasos sanguíneos que ficam dentro do dente) pode ficar inflamada e isso causa dor. Ocorre por exemplo quando o dente tem uma cárie muito grande ou sofreu um trauma. A dor também pode vir quando um dente tem a polpa necrosada (o "nervo" morreu). Neste caso, a dor ocorre nos tecidos ao redor do dente, que ficam muito inflamados, apesar do dente não sentir nada - uma vez que o "nervo" não responde a nenhum estímulo por ter "morrido".

Um dente com cárie não precisa obrigatoriamente de tratamento endodôntico.

O período entre a morte pulpar e a manifestação de algum sintoma pode ser longo e completamente sem dor. Entretanto, há risco de contaminação do canal, infecção e formação de abscesso, e depois disso muita dor. Nos casos de inflamação pulpar e necrose pulpar, a melhor solução é o tratamento endodôntico.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O que é um tratamento de canal?

O tratamento consiste em remover a polpa de dentro do dente, descontaminar o canal e fechar o espaço que a polpa ocupava, vedando muito bem a raiz. É muito importante que o dente seja restaurado logo após o tratamento. Se o canal ficar exposto, mesmo vedado, pode haver uma nova contaminação e o tratamento estará perdido.

A indicação do tratamento vem do diagnóstico que o dentista faz:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Algumas vezes, mesmo o dente tendo a polpa saudável tem indicação do tratamento endodôntico para poder receber uma prótese. Mas nem toda prótese exige tratamento, cabendo ao dentista que irá realizar esse trabalho avaliar a necessidade ou não.

É possível evitar

Um dente com cárie não precisa obrigatoriamente de tratamento endodôntico. A maioria dos dentes cariados pode ser restaurada, garantindo assim a saúde da polpa.

Os exames preventivos de rotina podem evitar que o tratamento endodôntico seja necessário ou ajuda a realizá-lo em melhores condições e sem dor. Além disso, um dente que teve tratamento endodôntico continua com risco de ter uma nova cárie - por isso as visitas ao consultório não devem parar após o tratamento.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)