PUBLICIDADE

Por que é importante estar com peso saudável antes de engravidar?

Gestantes acima do peso precisam de acompanhamento especial

As mudanças observadas no dia a dia das pessoas nas últimas décadas influenciaram muito os hábitos alimentares e incentivaram o sedentarismo, o que resultou em um aumento expressivo do peso dos brasileiros. Cerca de 49% das mulheres do país estão acima do peso recomendado.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Este excesso leva a inúmeras alterações do metabolismo e aumento dos riscos de outras doenças direta e indiretamente como: dislipidemias (como colesterol e triglicérides altos), diabetes tipo 2, hipertensão, cardiopatias, doença cérebro vascular, osteoartrite, alguns cânceres, entre outros.

Portanto se a pergunta é se a mulher que está acima do peso deve emagrecer antes de engravidar, a resposta é sim. Ela deve tentar perder peso, melhorar seus hábitos alimentares e fazer algum tipo de exercício. Também é importante que quem quiser engravidar faça uma avaliação junto com um nutricionista ou nutrólogo, uma vez que nenhuma atitude para perder peso tem maior efeito que a dieta.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como calcular o peso recomendado

O cálculo do peso recomendado é feito a partir da medida do Índice e Massa Corpórea (IMC). Para calcular, divida o seu peso (em quilos) pela sua altura (em metros) elevada ao quadrado. Abaixo de 25kg/m2, a paciente é considerada saudável, entre 25 e 29,9kg/m2 com sobrepeso e acima de 30kg/m2 com obesidade.

O tecido gorduroso funciona no nosso organismo, como um órgão endócrino e seu excesso desregula o metabolismo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A gestação sozinha já faz com que o organismo consuma suas reservas e atinja seus limites em termos de metabolismo e trabalho cardíaco. A gestante saudável, com IMC abaixo de 25kg/m2, deve ter um ganho de peso durante toda a gestação entre 11,5kg e 16kg (conforme sua altura). Já aquelas com sobrepeso ou obesidade devem ganhar muito menos que isso.

Riscos da gestação com obesidade

Existem problemas que o excesso de peso causa para a gestante e outros que ela causa para o feto. As pacientes com obesidade, assim como seus fetos e recém-nascidos, têm riscos maiores de complicações como:

Recomendações para quem já está grávida

Caso a mulher acima do peso já esteja gravida, sugerimos uma avaliação multidisciplinar com endocrinologista, nutricionista, fisioterapeuta para um acompanhamento global com o objetivo de tentar restringir o ganho de peso. Mas, atenção, neste período é importante que ela não perca peso.

Contudo, alguns trabalhos que ainda têm diversas variáveis em estudo, começam a indicar que a perda de peso em mulheres gravidas - quando acompanhada por especialistas - pode não ter impacto para o feto e o recém-nascido.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)