PUBLICIDADE

8 erros de saúde que cometemos logo depois de acordar

Acredite, antes de sair de casa a gente já expôs o nosso organismo a infecções, contaminação por bactérias e até doenças cardíacas

Descubra o poder de um sorriso.
Participe da newsletter

Preencha os campos* abaixo.
X

*Ao concluir, você concorda com a nossa Política de Privacidade e aceita receber novidades do Minha Vida e seus parceiros.

Cadastro efetuado com sucesso!

Usar o botão soneca

Você pode achar que está enganando o despertador, mas é o seu corpo que é feito de bobo ao apertar o botão "soneca" do relógio. "Pode fazer mal, porque se tem um sono fracionado, que é de segunda qualidade, e acaba-se dizendo ao corpo que ele pode dormir assim, o que não é certo", ensina o médico especialista em medicina do sono Geraldo Lorenzi Filho. O ideal é acordar assim que o despertador toca, e não ficar barganhando mais uns minutinhos.

Lavar os cabelos com água quente

Evite a água muito quente, pois ela pode causar irritações no couro cabeludo, estimulando a produção de sebo e favorecendo a oleosidade, o que também inibe o crescimento dos fios. De acordo com o dermatologista Vaicinir Bedin, o ideal é que a lavagem seja feita com água em temperatura menor que 25 graus e, preferencialmente, em dias alternados.

Pular o café da manhã

Muitos estudos comprovaram que pessoas que pulam o café da manhã têm quatro vezes mais chances de ser obesas, comparadas com quem não dispensa essa refeição. Isso porque o café da manhã é a refeição do dia que acorda nosso corpo, nossas células e enzimas logo cedo, produzindo maior queima de calorias e gorduras.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, tomar café da manhã também ajuda a proteger contra doenças. É o que afirma um estudo feito pela Harvard School of Public Health, que descobriu que pular essa refeição pode aumentar o risco de doenças cardíacas. O motivo é que ao pular a refeição fica-se com mais fome ao final do dia, resultando em uma ingestão maior de alimentos no período da noite. Esse hábito pode causar alterações metabólicas e cardíacas

Escovar os dentes com muita força

É muito comum a gente achar que colocar força na escovação é sinônimo de limpeza. Mas não é bem assim. A técnica de escovação deve ser realizada sem o emprego de força. "Além de causar recessão da gengiva, a escovação muito forte provoca desgaste do esmalte, deixando a dentina desprotegida", conta a dentista Ivany Kabbach, da clínica Smile Again. Para evitar esses problemas, é necessário escovar os dentes com movimentos suaves e curtos, sem pressionar demais a escova - não é a força que vai determinar a limpeza dos dentes, e sim os movimentos.

Usar toalha de pano

Lavar bem as mãos e enxugá-las num tecido que já foi usado dezenas de vezes, por pessoas diferentes, é pior do que ficar sem se lavar. A toalha de pano, mantida úmida e num ambiente sem sol, é abrigo certo para os microorganismos. Tenha sua própria toalha ou só use papel descartável para enxugar suas mãos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Esfregar os olhos

O hábito de esfregar os olhos constantemente aumenta as olheiras e isso ocorre devido a dois mecanismos: primeiro porque o ato irrita a pele da região. "A melanina atua como uma proteção, se acumulando na região afetada", explica a dermatologista Mônica Aribi, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). Portanto, pessoas que têm tendência genética a acumular melanina na região devem evitar esfregar os olhos com frequência. Nesses casos, o uso de hidratantes e massagens locais ajudam.

Dar a descarga com a tampa da privada levantada

Ao acionar a descarga, micro gotículas de um líquido muito duvidoso podem ser espalhadas pelo banheiro e pela sua própria roupa. "Isso é prejudicial, porque esse conteúdo carrega bactérias intestinais, que se espalham e se depositam no ambiente e em tudo o que estiver por perto. Por isso, sempre dê descarga com a tampa fechada", conta a alergologista Rosaly Vieira, da Clínica Otorrinos Curitiba.

Andar descalço pelo banheiro

Você pode nunca ter pensado nisso, mas até o ato de andar descalço entre os ambientes pode ser uma forma de espalhar microrganismos pela casa. "Se o piso não for adequadamente limpo, esse realmente pode ser um problema, principalmente porque o banheiro costuma ter bactérias fecais", lembra Rosaly.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Além disso, devido à umidade presente no espaço, pode acontecer a proliferação de fungos, podendo causar o famoso pé de atleta", afirma a dermatologista Tatiana di Perrelli . Por isso, é importante lembrar que a limpeza do banheiro deve ser feita com água e sabão no dia a dia e, uma vez por semana, deve ser feita a limpeza com algum tipo de desinfetante.