PUBLICIDADE

Remédio caseiro para micose: entenda o que funciona

Muitos tratamentos caseiros não têm comprovação científica

A micose é uma infecção causada por fungos e pode atingir a pele, unhas e cabelos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Esses fungos já vivem naturalmente na nossa pele, cabelo e unhas, mas algumas condições favoráveis, como calor, umidade e baixa imunidade podem ajudar a fazer com que eles se reproduzam mais rapidamente e causem problemas.

Tratamento caseiro para micose funciona?

Quando falamos em formas de tratar esse problema, sempre tem alguém que conhece uma receitinha para aplicar na pele, como:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

No entanto, de acordo com o dermatologista Cristiano Kakihara, esses tratamentos caseiros não têm comprovação científica alguma para melhorar a micose.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como tratar a micose em casa?

Como a micose é causada por fungos, é preciso seguir o tratamento específico, que envolve uma variedade de drogas antifúngicas. O tipo que você usa depende de onde a infecção está localizada e o quão grave ela é.

Normalmente o mais usado é o creme antifúngico, mas dependendo da gravidade da infecção, remédios orais e injeções podem ser necessários.

O mais importante é que o tratamento com cremes é feito em casa, mas deve ser acompanhado pelo médico e o paciente não deve desistir devido à demora nos resultados.

"Às vezes, o paciente interrompe o tratamento e acha que já está curado porque a região afetada parece recuperada mas, na verdade, ainda não se alcançou a cura total e o tratamento tem que começar novamente", alerta a dermatologista Meire Parada Brasil. Portanto, o paciente só deve parar quando for uma recomendação do médico.

Cuidados caseiros que podem ajudar a tratar a micose

Quando falamos em micose nas unhas, alguns cuidados feitos em casa podem ajudar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Um deles é evitar esmaltes por um tempo, por impermeabilizar as unhas, dificultando a penetração do remédio. "O esmalte comum não é indicado, porque torna o processo de cura mais demorado, já os antimicóticos são excelentes porque tratam o problema com maior eficiência", ressalta Meire.

Além disso, cuidar dos fatores de risco que aumentam a proliferação dos fungos pode ajudar, evitando umidade e calor na região em que a micose apareceu.