PUBLICIDADE

Dentes podres: veja os tratamentos possíveis

Muitos precisam ser retirados, mas nem sempre esta é a regra

Dentes podres é a forma mais comum que os pacientes se referem aos dentes estragados. O grande problema é a dificuldade que as pessoas têm de identificar realmente quando um dente está mesmo podre!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Mas afinal, o que é um dente podre?

Um dente podre é aquele que apresenta problemas que não são possíveis de serem solucionados ou que a solução seria algo com durabilidade muito curta, como os seguintes casos:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Baseado nisso, o paciente deve saber que apenas o profissional consegue saber quando um dente está mesmo podre ou não. Dentes cariados, que ficam com manchas escuras, muitas vezes tem um bom suporte.

É muito comum no consultório, o paciente chegar falando que os dentes estão podres, que quer extrair e quando olho, o dente realmente apresenta problemas, mas ainda pode ser totalmente recuperado. Nesta situação, nos deparamos com dois tipos de pacientes, os que ficam felizes em não precisar perder um dente e os que não aceitam esse argumento, pois querem mesmo extrair e fazer qualquer outro tipo de tratamento, principalmente com implantes dentários.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Claro que não removo um dente que ainda pode ser tratado, tento explicar que o nosso dente sempre é melhor do que qualquer tipo de trabalho, mas é comum o paciente não retornar, procurando algum profissional que faça aquilo que ele acha ser correto.

O contrário também é verdadeiro, muitas vezes o paciente chega com o dente totalmente podre, como eles mesmos dizem e não quer removê-lo da boca de forma alguma, argumentando que é um dente "dele" e que não quer perder, que é um dente natural. Quase os mesmos argumentos que eu uso no caso citado acima, quando o dente ainda pode ser tratado.

Tratamentos possíveis para um dente podre

Para tentar informar as possibilidades de tratamento, vamos dividir o que seriam dentes que ainda suportam um tratamento e dentes que não resistiriam ou que resistiriam apenas por um período muito curto ao tratamento.

Dentes podres com possibilidade de tratamento

Dentes com caries extensas, mas que após a remoção da parte estragada do dente, sobre estrutura dentária suficiente para que possa ser feito um dos trabalhos listados abaixo:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

E você pode perguntar: "por que devo fazer um trabalho excelente em cima de um dente podre?". Veja que existem diversas opções para se manter um dente na boca e o mesmo tem que estar muito ruim para que seja removido. Claro que quanto mais procedimentos forem necessários para manter esse dente e quanto mais sofisticado for o material, maior o custo. No entanto, sempre saliento que a recuperação com um bom trabalho será menos onerosa do que o tratamento com um material não apropriado para o caso e que venha a apresentar problemas.

É muito comum o paciente relatar que já gastou uma fortuna em determinado dente, que tratou canal e restauração, depois o dente quebrou e fez uma coroa, após algum tempo a coroa quebrou e foi feito um pino com nova coroa por cima e finalmente o mesmo quebrou e agora está perdido. Sim, isso é muito comum, mas pouco provável de acontecer se na primeira vez que esse dente receber um tratamento, for realizado um bom planejamento sobre qual seria o trabalho ideal e ele aceite que pode ser até que gaste mais em um primeiro momento, mas que isso representará uma economia futura, tanto financeira, quanto em tempo de consultas no dentista e principalmente, na saúde. Por isso é fundamental uma interação de confiança entre profissionais e pacientes.

Dentes sem condições de serem mantidos

Estes devem ser extraídos e no local desse dente existem duas possibilidades:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como evitar que um dente fique podre

Parece algo muito lógico, mas essa é uma das perguntas mais comuns que existem. É muito simples, basta uma boa higiene bucal, com uso cuidadoso da escova, que deve ser trocada de forma regular; costumo dizer que deve fazer parte da lista de compras mensais, do fio dentário e um cuidado com a ingestão de açúcar. Consultas regulares ao dentista para que ocorra uma avaliação e prevenção de forma profissional. Esta é sempre a maneira mais eficaz e econômica de manter a saúde bucal.

Outro ponto importante é que a odontologia evoluiu muito e na maioria das vezes, se ao primeiro problema no dente for realizado o tratamento necessário, é muito provável que aquele dente fique durante muito tempo na boca. Acho que poderíamos dizer que ele tem a mesma chance de continuar na boca o mesmo período que um dente que não apresentou qualquer problema.

O que ocorre é que, muitas vezes, o paciente deseja algo mais simples para a solução daquele problema e infelizmente o dentista pode acabar cedendo e realizando restaurações gigantescas em dentes com pouca estrutura ou colocando dentes sobre raízes que não irão suportar a mordida. Nesses casos, saímos da ciência e passamos a contar com a sorte. Pode ser que fique, pode ser que não fique!

Mas uma coisa posso garantir, quando o problema voltar, vai ser de solução muito mais trabalhosa e com um custo muito maior. Por isso acho muito importante que durante a sua consulta, pergunte os prós e os contras dos tratamentos propostos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)