PUBLICIDADE

Erro que todo mundo comete quando sente dor ciática

Especialista revela ainda o que fazer para amenizar de verdade a dor no nervo ciático

A dor ciática é um sintoma muito frequente na população brasileira e embora não seja uma doença, como muitos acreditam, esse sintoma geralmente se inicia na região das costas, passando para o glúteo, descendo para a parte posterior da perna e chegando até a panturrilha. Essa dor também pode estar presente apenas na região dos glúteos e da perna, sem necessariamente se iniciar na coluna.

De qualquer modo, é importante procurar um profissional especializado para que ele possa diagnosticar e orientar sobre a melhor maneira de amenizar estas dores, já que não são todas as dores que irradiam pela lateral da perna ou mesmo pela parte da frente da coxa ou virilha que são consideradas dores ciática.

Por que é importante conhecer as dores e suas causas? Porque cada condição necessita de um tratamento específico, com exercícios e repouso indicados para tal.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O que NÃO fazer quando estiver com dor ciática?

Para a ciática, por exemplo, quero destacar primeiramente sobre a contraindicação para a realização de alguns movimentos específicos, afinal as vezes o que se pensa ser benéfico, na verdade é maléfico. Muito popular, os alongamentos de posteriores de coxa se feitos excessivamente, podem piorar os sintomas, por dois motivos: excesso de flexão forçada de tronco, movimento de flexão e extensão, gerando uma irritação ao nervo ciático. Então, uma dica é não realizar alongamento da região posterior da coxa quando estiver em crise de dor.

Em muitos casos, somente exercícios de posicionamento podem gerar um alívio nos sintomas e com a devida progressão, eliminá-los. É importante salientar que para o tratamento é de extrema importância a avaliação da condição de cada caso em específico com um profissional da área. Todas as vezes que trabalhamos com posicionamento, esperamos que os sintomas "centralizem", ou seja, comecem a migrar da perna para a coxa, da coxa para os glúteos e assim por diante, considerando o centro a região lombar.

O que FAZER quando sentir dor ciática?

De barriga para baixo, mantenha-se de 2 a 3 minutos. Se sentir dor, coloque um travesseiro para aliviar o incômodo - Foto: Divulgação
De barriga para baixo, mantenha-se de 2 a 3 minutos. Se sentir dor, coloque um travesseiro para aliviar o incômodo - Foto: Divulgação

Em linhas gerais, o primeiro passo é deitar-se de barriga para baixo e testar esta posição, observando se os sintomas aliviam, se esta posição não aliviar, sugiro tentar com um ou dois travesseiros até conquistar o alivio. Ao encontrá-lo, o ideal é manter-se de 2 a 3 minutos nessa posição e conforme os sintomas forem melhorando, ir retirando gradativamente o travesseiro. Este procedimento pode ser realizado 4x ao dia, mas caso não tenha alivio das dores durante o procedimento, não se deve insistir.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Faça movimentos leves com as pernas de um lado para o outro. Esse tipo de exercício deve ser feito se não trouxer incômodo ou aumentar os sintomas - Foto: Divulgação
Faça movimentos leves com as pernas de um lado para o outro. Esse tipo de exercício deve ser feito se não trouxer incômodo ou aumentar os sintomas - Foto: Divulgação

Outra dica é realizar movimentos leves com as pernas de um lado para o outro deitado de barriga para cima. Exercícios de mobilidade leve sempre são bem-vindos, desde que não aumentem os sintomas e ajudem a aliviá-los. Claro que estas são dicas simples, sem uma avaliação aprofundada. Indico estes movimentos aos meus pacientes como paliativo, até que eles consigam agendar uma consulta e dar início ao tratamento completo.