PUBLICIDADE

Celular carregando pode causar choque elétrico? Veja como evitar acidentes

Entenda os perigos de usar o celular carregando e saiba com fazer os primeiros socorros

Você provavelmente conhece uma pessoa que não consegue largar o celular um minuto, certo? Embora, seja muito importante para nossa comunicação, é essencial estar atento a alguns cuidados a respeito do aparelho.

A cada dia surgem diversas notícias de pessoas que foram mortas ou sofreram queimaduras devido a choques do celular enquanto estão carregando. Será que você pode estar correndo risco? Veja abaixo como choques causados por celular carregando acontecem.

Perigos do celular carregando

Segundo o engenheiro eletricista João Carlos Lopes Fernandes, doutor e professor de Engenharia Elétrica do Instituto Mauá de Tecnologia (SP), o risco de descargas elétricas enquanto o celular está carregando é raro. Isso acontece, geralmente, quando o carregador que está sendo usado não é original.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O ideal é usar carregadores e cabos originais do aparelho, já que as voltagens entre os modelos são diferentes. "Os carregadores originais, feitos para o aparelho, têm um controle e proteção maiores durante o carregamento", explica o especialista. Os carregadores originais entendem quando a bateria está completa e suspendem o carregamento sozinhos.

Vale mencionar também que as descargas dadas pelo celular são menores do que outros aparelhos eletrônicos, pois o carregador é um objeto pequeno. Mesmo assim, usar o celular enquanto carrega é ruim para a bateria, porque sobrecarrega o objeto e reduz a vida útil do aparelho. Uma bateria envelhecida pode até liberar substâncias que aumentam os riscos de problemas durante o uso. "O ideal é carregar o celular desligado, assim se evita riscos", aconselha o engenheiro.

Outro alerta importante é não atender o celular ou fazer alguma ligação enquanto ele carrega. A melhor maneira é retirá-lo do carregador antes de manuseá-lo. O celular que está carregando fica com a bateria ativa, por isso ele libera mais calor, podendo causar incêndios se estiver em ambientes abafados, como camas ou embaixo do travesseiro. Entretanto, isso é mais uma questão de troca de calor do que de eletricidade, como explica João Carlos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O que acontece quando levamos um choque?

Na maioria das vezes, uma descarga elétrica pode acontecer quando está chovendo. Dessa forma, o recomendado é não usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada durante uma tempestade.

De acordo com o Cardiologista Bruno Valdigem, especialista da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), quando levamos um choque, a energia elétrica entra pelo ponto de contato (tomada) e caminha por dentro do corpo até o local (pés) que toca o chão. O choque causado pelo celular carregando, apesar de não ser tão comum, quando acontece pode provocar lesões internas e ser fatal.

Segundo o Manual MSD, o choque elétrico pode causar queimaduras cutâneas, lesões a órgãos internos e outros tecidos brandos, arritmias cardíacas e parada respiratória. "No trajeto da energia (que vira calor por dentro) a intensidade da lesão depende da intensidade da corrente elétrica", afirma Valdigem.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Primeiros socorros para choque elétrico

Saber como socorrer uma pessoa em caso de choque elétrico é de extrema importância. Dessa forma, você pode evitar consequências para a vítima como, por exemplo, uma parada cardíaca. Os primeiros socorros são:

Se você percebeu que a vítima está inconsciente e não está respirando, faça uma massagem cardíaca seguindo o passo a passo:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A função da massagem cardíaca é fazer com que o peso do seu corpo "comprima" o coração, empurrando o sangue para frente. Esse processo substitui o coração temporariamente, preservando o cérebro e outros órgãos.

A American Heart Association disponibiliza um vídeo mostrando que é possível sincronizar o intervalo das compressões com a música Stayin' Alive, da banda Bee Gees ou a Marcha Imperial do filme Guerra nas Estrelas (Star Wars).

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)