PUBLICIDADE

Atriz quase tem mão amputada após mordida de gato: médica desvenda o caso

Daniela Escobar foi hospitalizada após perder o movimento dos dedos devido a infecção bacteriana; veja como se proteger

A atriz Daniela Escobar compartilhou em seu Instagram um acidente ocorrido recentemente devido a uma mordida de gato que quase resultou na amputação de sua mão. De acordo com a atriz, sua gata dormia embaixo da mesa no momento que Daniela resolveu fazer um carinho na cabeça dela, que assustada mordeu a mão da atriz.

A mordida não foi muito forte, segundo relatado por Daniela, mas foi o suficiente para causar uma infecção que em 24 horas paralisou os dedos da atriz, deixando-os rígidos e a impossibilitando de realizar movimentos simples, como abrir ou fechar o botão da calça.

"Pra ser objetiva, a saliva dos gatos (saudáveis e vacinados como os meus) solta uma bactéria que em horas vai paralisando seus dedos até ficarem roxos, dá gangrena, pode ser necessário amputar os dedos ou até a mão se não medicar com antibióticos fortíssimos imediatamente. É a defesa natural deles", escreveu a atriz em sua conta no Instagram.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

View this post on Instagram

A post shared by DanielaEscobar (@danielaescobar)

Por outro lado, de acordo com a médica veterinária Vanessa Souza as informações divulgadas nas redes sociais da atriz não permitem concluir qual bactéria provocou o quadro infeccioso.

Mordida de gato é perigosa?

"De maneira geral, os felinos apresentam uma microbiota natural na mucosa oral, o que também acontece com outras espécies, como cães e o próprio ser humano. Por esse motivo, existe risco de infecção bacteriana após qualquer mordedura. É importante ter cuidado ao tratar desse tema buscando não culpar os felinos neste sentido", esclarece Vanessa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, conforme explicado pela médica veterinária, a evolução do quadro não depende somente da bactéria inoculada, mas também do estado imunológico de quem sofreu a mordida. "Pessoas com imunossupressão, crianças e idosos são mais suscetíveis a desenvolver manifestações clínicas importantes, embora a maioria dos casos apresentem baixa gravidade", complementa.

Doença causada por mordida de gato

Há uma bactéria em específico, Bartonella henselae, que pode causar uma síndrome conhecida como Doença da arranhadura do gato (DAG) ou Doença de Teeny. Nas palavras de Vanessa, as manifestações clínicas podem ser observadas apenas no local da mordedura ou arranhadura, podendo acometer outros órgãos.

De qualquer forma, é necessário o acompanhamento médico especializado para realizar o diagnóstico e instituir o tratamento com antibióticos. No caso da atriz, não há informações precisas sobre a infecção.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Após a lesão, é indicado que se faça a lavagem do local com água e sabão, e adicionalmente a utilização de antissépticos a fim de reduzir a contaminação bacteriana no local lesionado.

"É importante ressaltar que é necessário procurar uma unidade de saúde, principalmente se forem observadas alterações importantes no local da mordedura, ou se o animal agressor não for domiciliado, para prevenir também a raiva animal, doença viral transmitida a partir da saliva de animais infectados", finaliza a veterinária Vanessa.

Doenças transmitidas por animais domésticos

Homem tem membros amputados após contrair infecção por lambida de cachorro

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Toxoplasmose: sintomas, tratamentos e como prevenir

Bicho geográfico: sintomas, como tratar e fotos