PUBLICIDADE

Como o tártaro se forma e por que ele é prejudicial para a saúde bucal?

O tártaro é o endurecimento da placa bacteriana nos dentes e na gengiva

É muito provável que você já tenha ouvido falar em tártaro ou cálculo dental, afinal, de acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde Bucal, do Ministério da Saúde, 64% dos brasileiros convivem com o problema, tornando-o uma das ocorrências bucais mais comuns na população. Mas você sabe exatamente como ele é formado e por que precisa ser prevenido?

O tártaro, também conhecido como cálculo dental, é o endurecimento da placa bacteriana na superfície dos dentes e até mesmo da gengiva. A placa bacteriana, por sua vez, é uma espécie de filme transparente e pegajoso que cobre os dentes e assim como o nome indica, é formada por bactérias naturais da cavidade bucal e por resto de alimentos.

Com o passar do tempo, a placa bacteriana começa a crescer e endurecer devido a própria colonização das bactérias, mas também pelo acúmulo de ácidos - da digestão -, açúcares e restos de alimentos. E é justamente quando há esse acúmulo que o tártaro é formado, deixando os dentes com aspecto marrom-amarelado e áspero.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Esse processo de endurecimento da placa pode demorar para acontecer, variando de organismo para organismo, por isso estar atento aos sinais e manter a higiene bucal é fundamental. Além disso, vale lembrar que bons hábitos de escovação são capazes de eliminar a placa, evitando que ela fique endurecida. Porém, uma vez que o tártaro apareça, somente o dentista poderá fazer a raspagem para eliminá-lo.

Por que o tártaro é prejudicial para a saúde bucal?

Além da preocupação visual, uma vez que o tártaro altera a coloração dos dentes, o motivo pelo qual é preciso preveni-lo vai além da estética, isso porque ele pode causar quadros mais graves como halitose, cárie, gengivite e periodontite.

Entenda melhor sobre cada um a seguir!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como prevenir o tártaro?

Como dito acima, a placa bacteriana, o passo inicial do tártaro, pode ser removida com uma boa higiene bucal, portanto, o segredo é investir em:

Fio dental: ele é fundamental, pois limpa os espaços que a escova dental não alcança. Quando a gengiva está inflamada, o uso do fio dental pode ser incômodo devido ao sangramento, mas é importante mantê-lo para não acumular ainda mais bactérias.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Creme dental: atualmente, a Colgate tem a linha Total 12 Anti-Tártaro, que oferece 12h de defesa ativa contra bactérias*, pois possui micropartículas que limpam e combatem a formação de tártaro. Vale lembrar que a escovação deve ser realizada, pelo menos, três vezes por dia, principalmente após as refeições e antes de dormir.

Enxaguante bucal: há quem acredite que o enxaguante bucal é dispensável, mas, na verdade, ele é fundamental para prolongar a proteção bucal. A linha Colgate Total 12 Anti-Tártaro também conta com este produto essencial.

Visitas médicas: as consultas com o dentista devem acontecer a cada seis meses ou sempre que você notar que algo não vai bem com sua saúde bucal.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

*Até 12 horas de proteção contra bactérias com o uso contínuo por 4 semanas.