Dicas para se proteger da COVID-19 nas festas de fim de ano

Natal e Ano Novo pedem comemorações diferentes em meio à pandemia de coronavírus

As festas de fim de ano neste 2020 serão diferentes. Com a pandemia de coronavírus os eventos de Natal e Ano Novo pedem cuidados especiais para evitar o aumento da transmissão do vírus.

Nesse sentido, a FioCruz lançou uma cartilha de Natal e Ano Novo com instruções à população sobre como organizar as festividades de fim de ano com proteção.

Veja, a seguir, dicas para manter a segurança contra o coronavírus nas festas de fim de ano e o que levar em consideração na hora de preparar os eventos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Dicas para passar o fim de ano em segurança

Segundo a cartilha da FioCruz, a forma mais segura e eficaz de passar o Natal de 2020 e o Réveillon 2021 é ficar em casa e comemorar apenas com pessoas que moram com você.

Entretanto, se a decisão for de realizar um evento para celebrar o fim de ano ao lado de outras pessoas que não estão em seu dia a dia, vale a pena seguir algumas práticas para reduzir o risco de transmissão do coronavírus.

A FioCruz destaca pelo menos algumas medidas individuais que envolvem uso de máscara, distanciamento social e dicas de higienização para seguir durante as festas de fim de ano. São elas:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além das práticas individualizadas, a FioCruz também sugere mais algumas medidas para manter o ambiente o mais seguro:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Por fim, a FioCruz também faz recomendações sobre a distribuição de comida nas festas:

Festa de fim de ano pedem cuidado com a COVID

Apesar do desejo e da simbologia que as festas de fim de ano carregam, este momento deve ser visto com cautela na visão de Sumire Sakabe, infectologista do Hospital 9 de Julho.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"É melhor passar um Natal sem a família para ter o resto da vida em paz. Encontrarmo-nos em grupos ainda é precoce. O vírus está à solta. Relaxar agora, porque é Natal, traz o risco de adoecermos e deixarmos adoecer justamente aqueles que mais amamos", afirma a médica.

Mesmo com todas as estratégias para reduzir os riscos, a FioCruz indica que nenhuma medida é capaz de impedir totalmente a transmissão da Covid-19.

Além disso, a Fundação também pede que pessoas com sintomas (ou que tiveram sinais de COVID-19 nos últimos 14 dias) que estiverem aguardando o resultado de teste imunológico, que tiveram contato com indivíduos contaminados há duas semanas ou que fazem parte do grupo de risco para que evitem encontros neste momento com outras pessoas.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Neste Natal, a vida será diferente. As famílias de 180 mil brasileiros estão ainda vivendo o luto trazido pela COVID-19. Os profissionais de saúde, acostumados a passar festas trabalhando, estarão ainda às voltas com pacientes intubados, graves, com falta de ar, usando máscara, gorro, avental impermeável", reflete Sumire.

"Encontrar formas de nos conectarmos uns aos outros à distância, em um Natal diferente, é um sacrifício que será o presente mais caro que poderemos oferecer. Ao nos privarmos da companhia dos nossos queridos, estamos protegendo uns aos outros para que haja tempo hábil da vacina chegar e, quem sabe, ser mais seguro andar por aí. Cabe a cada um encontrar um jeito sensato de celebrar o Natal e as festas de fim de ano de forma segura, para que a alegria do Natal não venha a acabar uma semana depois!", conclui a médica.

Coronavírus

Coronavírus: por que o distanciamento social é importante?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Idosos merecem atenção com novo coronavírus: veja cuidados

Veja a importância da desinfecção para se proteger contra vírus e bactérias