PUBLICIDADE

Tatuagem de henna causa queimadura química em menina de sete anos

Reação à tinta da tatuagem fez com que surgissem bolhas e erupções na pele da criança

Uma menina britânica de sete anos teve uma queimadura química no braço após ter feito uma tatuagem de henna.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Criança teve reação química causada pela tinta da tatuagem
Criança teve reação química causada pela tinta da tatuagem

A pequena Madison Gulliver estava de férias com seus pais em um hotel no Egito, quando seu pai permitiu que ela fizesse a tatuagem em um salão de beleza do estabelecimento.

No entanto, alguns dias depois, já em casa, ela se queixou de coceira na região. Em seguida, formaram-se bolhas dolorosas em sua pele.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

No hospital, Madison foi encaminhada para o departamento de queimaduras. Os médicos tentaram diferentes técnicas para amenizar o problema. Ao fazer um teste por conta do vazamento de líquido da região, os médicos constataram que havia uma grande quantidade de PH, o que demonstrava que a menina havia tido uma queimadura química.

Os especialistas decidiram então cortar as bolhas para ter acesso à pele que estava embaixo das queimaduras.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Madison reagiu bem ao tratamento, mas precisará usar uma ligadura de pressão por pelo menos seis meses para minimizar as cicatrizes em seu braço.

Em comunicado, o hotel pediu desculpas pelo ocorrido e disse que não oferecer mais a tatuagem em seu pacote de serviços.

Perigos da tatuagem de henna

A dermatologista Bhertha Tamura explica que a henna é o material usado para fazer a tatuagem temporária. Ela poder ser tanto a planta chamada de Lawsonia inermis como o corante (lawsona) dela extraído.

Tanto a própria planta como os aditivos diversos para dar tons mais escuros ao corante podem trazer alguns problemas para a saúde. Mas é muito mais comum que os químicos adicionados a ela que causem esses problemas. Os principais são os parafenilenodiaminas, parabenos, água oxigenada, amônia, metais pesados e o resorcinol.

Dentre todas as cores, a negra é a que mais traz problemas de alergia grave e dermatite de contato, com inflamação e até formação de bolhas, evoluindo mais raramente à pigmentação da pele de difícil tratamento e ocasionalmente até a cicatrizes se a dermatite infectar. Se a pessoa tiver tendência a formar queloides, adiciona-se mais outro fator de risco com esse tipo de procedimento.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como prevenir essas reações alérgicas à henna?

Para evitar complicações é importante, primeiramente, escolher um bom produto para fazer a tatuagem. O aditivo que costuma causar inflamações é a parafenilenodiamina. Além disso, de acordo com Bhertha, quando o contato com a substância associado à exposição solar pode causar alergias na pele.

Também é importante se atentar a henna mais escura. Isso porque ela é a que mais pode causar reações alérgicas à pele ( a cor natural da henna varia do verde-acastanhado e castanho)

Procurar locais mais seguros, como os estúdios com profissionais de confiança, ajuda a prevenir possíveis problemas. Aos primeiros sinais de alterações na pele, procure um dermatologista o mais rápido possível.